Secretaria de Estado de Educação do Pará (SEDUC-PA) - Professor - Sociologia (2018) Questão 44

Enquanto morar for um privilégio, ocupar é um direito
Com esse slogan, dezenas de siglas de movimentos sociais por moradia vivem há anos em prédios abandonados em São Paulo em péssimas condições. Entre os mais populares estão a FLM (Frente de Luta por Moradia) e a UMM (União dos Movimentos de Moradia). Mas há também grupos menores, caso do LMD (Luta por Moradia Digna), responsável pela gestão do edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou recentemente. Ainda existem aqueles que se dizem ocupações independentes de qualquer organização formal. As famílias convivem diariamente com riscos semelhantes ao que levou ao incêndio e desabamento do prédio localizado no Largo do Paissandu. Muitas pagam uma taxa de serviço, espécie de ‘condomínio’, para os líderes das ocupações. (Disponível em: https://www.huffpostbrasil.com/2018/05/03/nao-podemos-criminalizar-movimentos-de-moradia-diz-coordenador-domtst_a_23426510/.)
Os movimentos sociais estão sendo um dos temas mais populares em todo o mundo. A cada ano é possível notar que surgem novos movimentos sociais querendo ganhar força e se estabilizar. Em relação aos movimentos anteriormente citados e à tipologia desses novos movimentos sociais do Brasil, é correto afirmar que:
  • A Não é fácil dar uma classificação dos movimentos sociais, porque às vezes um movimento é de natureza mista ou é um tipo diferente em distintos estágios.
  • B Trata-se de movimentos utópicos, que almejam uma igualdade impossível, baseados em uma concepção do homem como basicamente bom, cooperativo e altruísta.
  • C Quando as pessoas se deparam com um sistema social corrupto no qual se sentem impotentes para mudar, o resultado é sempre um movimento social expressivo.
  • D Os movimentos relacionados à moradia, como os supracitados, são chamados de movimentos migratórios, pois relacionam-se especificamente a trânsito de pessoas.

Encontre mais questões

Voltar