Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento de Goiás (SEGPLAN-GO) - Perito Criminal (2015) Questão 33

Esta questão foi anulada pela banca organizadora.

Os avanços nas tecnologias de DNA vêm causando um grande impacto no campo da ciência forense. A análise de DNA tem sido uma poderosa ferramenta para a identificação humana e para as investigações criminais, muito em função do desenvolvimento de testes com uma boa sensibilidade e um alto poder de discriminação. Entre eles, inclui-se a técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR) capaz de realizar a detecção rápida de marcadores moleculares.

Revista Brasileira de Análises Clínicas (com adaptações).

Com relação à PCR e ao seu uso na identificação forense, assinale a alternativa correta.

  • A Apesar de a PCR ser uma técnica empregada para amplificação seletiva de uma sequência-alvo de DNA a partir de DNA previamente extraído, ela não permite a inserção de primers ao DNA-molde desnaturado.
  • B O processo que envolve a síntese de novas fitas de DNA, resultando em um fragmento de DNA com sequência idêntica à do DNA a ser analisado, ocorre mediante ação de DNA-ligase.
  • C Uma das desvantagens da PCR é a incapacidade de se obter resultados, especialmente nos casos em que o DNA-alvo esteja degradado ou embebido em um meio que dificulte o isolamento desse DNA.
  • D A grande vantagem da PCR sobre as demais técnicas utilizadas para genotipagem de marcadores genéticos é que os resultados de tipagem nunca são afetados, principalmente se os níveis de DNA contaminante estiverem comparáveis aos do DNA-alvo.
  • E A PCR possibilita a tipagem do DNA em amostras de prova que não poderiam ser analisadas por meio de outras técnicas, como, por exemplo, o Southern, uma vez que ela necessita de uma grande quantidade de DNA total.

Encontre mais questões

Voltar