Defensoria Pública da União (DPU) - Técnico - Comunicação Social - Publicidade e Propaganda (2010) Questão 37

As novas teorias da comunicação diferenciam-se das teorias tradicionais em diversos aspectos, sobretudo por não se deterem somente em estudos de casos individuais, como campanhas, por exemplo, mas nos efeitos cumulativos da comunicação sedimentados no tempo. A hipótese do agenda-setting ou agendamento representa esse novo pensamento. A respeito desse assunto, assinale a opção correta.

  • A O princípio da onipresença, utilizado para se determinar o efeito do agendamento, defende que, nos processos de produção da informação, os meios de comunicação apresentam mais semelhanças do que diferenças entre suas rotinas de trabalho e produtos finais apresentados.
  • B Apesar de ser considerada uma teoria de efeito a longo prazo, a hipótese do agendamento mostra claramente que os meios de comunicação têm como objetivo maior a persuasão e, para tanto, utilizam-se de diversas técnicas semelhantes às que foram adotadas por pesquisadores norte-americanos da primeira metade do século XX.
  • C Com os primeiros estudos acerca desse novo pensamento, concluiu-se que, ao final da elaboração e difusão de uma agenda, a imprensa não é bem sucedida em seu propósito de dizer aos leitores sobre o que pensar.
  • D Os pesquisadores Maxwell McCombs e Donald Shaw, pioneiros na apresentação da hipótese do agendamento, confirmam que a mídia tem a capacidade de influenciar a opinião pública com a projeção dos acontecimentos, estabelecendo um pseudoambiente fabricado e montado pelos meios de comunicação.
  • E A agenda interpessoal corresponde aos temas que um indivíduo considera como mais importantes dentro do seu repertório de prioridades.