Questão 93 do Concurso Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) - Engenheiro Civil (2018)

      Um engenheiro foi designado para elaborar a avaliação de um prédio em desuso, com o propósito de determinar sua desocupação, dado o estado de deterioração do imóvel. Como primeira providência, o avaliador vistoriou as instalações e concluiu que o custo de recuperação era inviável, tendo considerado como melhor alternativa a venda do imóvel nas condições em que se encontrava. Para definir o valor, o engenheiro optou pelo método comparativo direto de dados de mercado. Por ser engenheiro eletricista, o avaliador decidiu omitir na assinatura do laudo de avaliação a sua formação específica. 


A respeito da situação hipotética apresentada, julgue o item subsequente, de acordo com as normas de avaliação de imóveis urbanos.


A preocupação do engenheiro eletricista em omitir sua formação do laudo de avaliação é infundada, pois engenheiro de qualquer especialidade está habilitado a fazer avaliação de imóveis urbanos.

  • Certo
  • Errado