Questão 8 do Concurso Procuradoria Geral do Estado de Santa Catarina (PGE-SC) - Procurador do Estado (2018)

INSTRUÇÃO: Responder à questão com base no texto a seguir.


A linguagem científica apresenta uma especificidade, uma hermeticidade e um caráter esotérico que pode torná-la, muitas vezes, inacessível ao público leigo em geral. Como em muitos campos das ciências, na Física Nuclear utiliza-se uma terminologia própria e específica para a descrição dos fenômenos radioativos. Costuma-se empregar a expressão nuclídeo, por exemplo, quando se está interessado apenas nas propriedades intrínsecas dos núcleos atômicos e utiliza-se a expressão núcleons para fazer referência aos prótons e aos nêutrons do núcleo. A grande maioria dos nuclídeos conhecidos são radioativos, decaindo espontaneamente pela emissão de partículas e se transformando em novos nuclídeos. Sabe-se, também, que a taxa de decaimento desses nuclídeos é proporcional ao número de nuclídeos radioativos presentes na amostra radioativa.

O gráfico abaixo apresenta o número de nuclídeos radioativos restantes, N(t), no instante de tempo t, para quatro amostras radioativas (I, II, III e IV).





Considerando que a quantidade de nuclídeos restantes das amostras I, II, III e IV é descrita por funções da forma N(t) = N0 eβt, NÃO é correto afirmar que

  • A βI > βII
  • B βII > βIII
  • C o valor de N0 na amostra II é maior que na III, mas, após decorrido um tempo t0 , temos NII(t) < NIII(t), para t > t0 .
  • D os valores de N0 são iguais nas amostras III e IV.