Prefeitura Municipal de Porto Belo - Professor - Ciências (2019) Questão 44

Conforme a informação divulgada pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), que coletou dados do Ministério da Saúde, nos últimos 20 anos, 13,2 milhões de crianças e adolescentes (entre 10 e 19 anos) ficaram grávidas no Brasil. O Sudeste é a região que mais concentra casos, com 33,5% do total, e, na sequência, Nordeste (32,9%), Norte (13,3%), Sul (12%) e Centro-Oeste (8%). Conforme o informe da ONU sobre gravidez precoce de 2018, a taxa de gravidez em adolescentes brasileiras (15 a 19 anos) é de 68,4/1000, superando tanto a média latino-americana e caribenha de 65,5/1000, como a mundial, que é de 46/1000. Com relação à gravidez precoce, é correto afirmar que:
( ) É um problema privado de cada família e não é um assunto que deva ser tratado nas escolas. ( ) Ensinar a maneira como funcionam os órgãos reprodutores incentiva os adolescentes a terem relações sexuais e aumenta as cifras de gravidez precoce. ( ) A falta de informação e o acesso restrito a uma educação sexual integral e a serviços de saúde sexual e reprodutiva adequados contribuem para aumentar os índices de gravidez adolescente. ( ) A escola é fundamental para ajudar a diminuir os índices de gravidez precoce, ao desenvolver programas de educação sexual, já que muitos jovens não recebem orientações dessa natureza nas suas casas. ( ) É uma das principais causas de morte entre as adolescentes, portanto deve ser tratado como um problema social e não simplesmente como um problema familiar. ( ) Desenvolve-se da mesma forma que em uma mulher adulta e seus riscos e complicações apresentam valores similares.
Ao registrar V, para verdadeiro, e F, para falso, a alternativa com a sequência correta é:

  • A V – F – V – F – V – F.
  • B F – V – V – V – V – V.
  • C F – F – V – V – V – F.
  • D V – V – F – F – F – F.
  • E F – F – V – V – F – V.

Encontre mais questões

Voltar