Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) - Economista (2018) Questão 30

Considerando a interpretação de indicadores de desigualdades, analise as afirmativas a seguir:

I. Considerando a metodologia do cálculo do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), um país A, mesmo apresentando um Produto Interno Bruto (PIB) per capita maior que o do país B, pode apresentar um IDH inferior ao do país B.

II. Calculado a partir do campo de variação C da Curva de Lorenz, o Coeficiente de Gini, ou Índice de Gini, varia entre zero e um. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), para o Brasil, o índice de Gini da distribuição dos rendimentos mensais de todas as fontes passou de 0,611, em 2000, para 0,575, em 2010. Isso representa um aumento da concentração da renda no país e, portanto, uma deterioração da estrutura da repartição da renda no Brasil e uma elevação das desigualdades durante esse período.

III. Em um gráfico no qual a população, em valores percentuais e acumulados, está representada no eixo das abscissas e as rendas, em valores percentuais e acumulados, estão representadas no eixo das ordenadas, quanto maior for a proximidade entre a reta de equidistribuição e a Curva de Lorenz, maior será o grau de concentração da renda e, portanto, menos igualitária será a estrutura da repartição da renda.

É CORRETO o que se afirma em

  • A I, II e III.
  • B I, apenas.
  • C I e II, apenas.
  • D II e III, apenas.
  • E III, apenas.

Encontre mais questões

Voltar