Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) - Fisioterapeuta (2015) Questão 46

A terapia de expansão pulmonar inclui uma variedade de modalidades de terapia respiratória destinadas a prevenir ou corrigir a atelectasia. Historicamente, a respiração com pressão positiva intermitente (IPPB - Intermittent Positive Pressure Breathing) foi utilizada extensivamente com esse objetivo. Mais recentemente, a espirometria de incentivo e a pressão positiva contínua das vias aéreas (CPAP - Contínuous Positive Airway Expiratory Pressure) foram introduzidas como estratégias alternativas de expansão pulmonar. Marque a alternativa incorreta.

  • A A espirometria de incentivo, considerando-se suas bases fisiológicas normais, apresenta poucos riscos e complicações importantes, podendo ser realizada em pacientes com hiperventilação e alcalose respiratória prévia.
  • B Os pacientes, no período pós-operatório, apresentam o maior risco de atelectasia e os submetidos à cirurgia abdominal superior com espirometria pré-operatória anormal apresentam o maior risco de complicações pulmonares pós-operatórias.
  • C A atelectasia de reabsorção ocorre quando lesões ou tampões mucosos estão presentes nas vias aéreas e bloqueiam a ventilação da região afetada. O gás distai à obstrução é absorvido pelo sangue que circula nos capilares pulmonares, o que faz com que os alvéolos não ventilados colapsem.
  • D A atelectasia passiva é causada, sobretudo, pelo uso persistente de volumes correntes pequenos pelo paciente. Isto é comum quando é administrada anestesia geral, com o uso de sedativos e repouso no leito, e quando a inspiração profunda é dolorosa, nos casos de fraturas costais ou quando foi realizada uma cirurgia na região abdominal superior.

Encontre mais questões

Voltar