Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (ADAGRI-CE) - Fiscal Estadual Agropecuário - Biologia (2009) Questão 102

A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas.
Sua ausência ou deficiência no organismo, quando não tratada,
manifesta-se sob a forma de diabetes. Para suprir essa falta,
utiliza-se a insulina artificial, que pode ser produzida
industrialmente a partir do pâncreas suíno ou de
microrganismos modificados geneticamente. O método
tradicional de produção da insulina artificial utiliza o pâncreas
suíno como matéria-prima, porém são necessárias toneladas de
pâncreas para suprir a demanda. A utilização de
microrganismos modificados geneticamente iniciou-se em
2000 com uma metodologia desenvolvida na Universidade de
Brasília (UnB). Patenteada, a nova técnica consiste em
introduzir na bactéria E. coli o gene da pró-insulina humana,
precursor da insulina ativa, de forma que esta passe a produzir
o hormônio em grandes quantidades. Nos dois casos de
obtenção, são ainda utilizados processos industriais, como
fermentação, processamento e purificação do precursor para
obtenção de insulina recombinante ativa, no caso da utilização
de microrganismos modificados geneticamente, ou
congelamento e moagem do pâncreas e adição de uma solução
alcoólica para extração do hormônio seguida de várias etapas
de filtração e evaporação do álcool, entre outros processos, no
caso de obtenção a partir do pâncreas suíno.

Imagem 009.jpg

Considerando as informações do texto acima, julgue os itens
de 98 a 102.



Uma das descobertas fundamentais que viabilizou o surgimento da engenharia genética foi a das enzimas de restrição, que são originalmente produtos gênicos de bactérias.

  • Certo
  • Errado

Encontre mais questões

Voltar