Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) - Analista de Controle Externo (2012) Questão 78

João acaba de ter uma brilhante ideia para uma nova aplicação distribuída. Para transformar essa ideia original em uma aplicação real que possa ser acessada por usuários remotos via Internet (por meio de celulares, PDAs, PCs ou notebooks), ele precisará projetar e implementar, entre outras coisas:

  • A tanto a parte da aplicação que executará nas máquinas/ dispositivos dos usuários finais como a parte da aplicação que deverá executar nos dispositivos de rede (roteadores e comutadores de enlaces), de forma a garantir que as mensagens da aplicação sejam redirecionadas corretamente para seus usuários finais;
  • B um protocolo de camada de aplicação específico (diferente dos protocolos de domínio público da Internet) que deverá definir como os processos da aplicação trocarão mensagens entre si (tipos e sintaxe das mensagens, semântica dos campos, regras para determinar quando e como os processos enviam e recebem mensagens);
  • C um algoritmo de roteamento de mensagens na rede específico para a aplicação para ser instalado nos provedores de acesso à Internet, usando um protocolo de estado de enlace ou um protocolo de vetor de distância para manter informações sobre as distâncias e custo de rotas entre os nós da rede que acessarão a aplicação;
  • D um protocolo de controle de acesso ao meio específico para garantir que a aplicação possa de fato ser acessada a partir de dispositivos sem fio (ex., celulares, PDAs), estabelecendo as regras para coordenar a transmissão de pacotes da camada de enlace por vários usuários da aplicação simultaneamente;
  • E uma parte da aplicação (lado servidor) usando um dos protocolos de camada de aplicação considerados de domínio público na Internet (aqueles que usam uma das portas na faixa de 1-1024), caso contrário a aplicação só poderá ser acessada por processos clientes dentro da mesma intranet ou rede local.

Encontre mais questões

Voltar