Questão 15 do Concurso Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) - Analista de Tecnologia da Informação (2018)

                        


      Mama África, / a minha mãe é mãe solteira / e tem que fazer / mamadeira todo dia / além de trabalhar / como empacotadeira / nas Casas Bahia / (...) /

      Mama África tem tanto o que fazer / além de cuidar neném / além de fazer denguim / filhinho tem que entender / mama África vai e vem / mas não se afasta de você / (...) /

      Quando mama sai de casa / seus filhos se olodunzam / rola o maior jazz / mama tem calo nos pés / mama precisa de paz / mama não quer brincar mais / filhinho dá um tempo / é tanto contratempo / no ritmo de vida / de mama /

      Deve ser legal / ser negão no Senegal / deve ser legal / ser negão no Senegal / deve ser legal / ser negão no Senegal / Mama África / a minha mãe / a minha mãe

                                                                      Mama África, Chico César (1995).



A expressão em destaque no verso “Quando mama sai de casa / seus filhos se olodunzam” é um neologismo criado pelo autor. Chico César tomou a palavra de origem yorubá “olodum” – que, no ritual religioso do candomblé, significa ‘Deus dos Deuses’ ou ‘Deus maior’ – e a recriou no português como:

  • A uma locução adjetiva.
  • B uma forma verbal.
  • C uma conjunção prepositiva.
  • D um pronome demonstrativo.
  • E um adjunto adverbial.