Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) - Analista de Controle Externo - Organizacional - Pedagogia (2012) Questão 27

Um determinado gestor público nomeou um funcionário para ocupar um cargo de liderança no setor em que este trabalhava há anos. Observou, entretanto, que as relações interpessoais desse funcionário com os demais integrantes do setor ficaram comprometidas desde então. Resolveu voltar atrás e nomear outro funcionário, externo ao setor, para ocupar tal cargo, o que realmente amenizou as tensões anteriormente originadas. Quanto à atitude desse gestor em reconsiderar sua decisão, pode-se concluir que:

  • A foi correta, porque relações interpessoais pretéritas são determinantes para comprometer a relação entre um líder e seus subordinados;
  • B foi incorreta, porque ele não permitiu que o grupo acomodasse suas tensões, que naturalmente ocorrem no início de uma relação de subordinação;
  • C foi correta, porque o comprometimento das relações já anunciava a inabilidade daquele funcionário para ocupar esse cargo de liderança;
  • D nada é possível afirmar, porque muitas variáveis, não somente individuais como também ambientais, devem ser avaliadas para que se possa compreender o fenômeno liderança;
  • E nada é possível afirmar, porque não se esperou o tempo necessário para a acomodação das tensões e a estabilização das relações interpessoais.