Questões da Prova do UFTM - Assistente em Administração (VUNESP - 2018) Página 1

Ao analisar a questão de colocação pronominal, o autor deixa claro que
  • A Brasil e Portugal, apesar das diferenças de usos, seguem as mesmas regras no caso dos pronomes.
  • B o uso brasileiro tende a ser o pronome antes do verbo, diferente do que ocorre com o uso lusitano.
  • C a similaridade entre a pronúncia brasileira e a portuguesa faz com que as pessoas se confundam com os pronomes.
  • D o brasileiro emprega melhor os pronomes, porque foge de regras duvidosas, ao contrário dos portugueses.
  • E os portugueses e os brasileiros tendem a manter a tradição no uso dos pronomes, desprezando a modernidade.
Nas frases “Uma das principais marcas do português brasileiro permanece alijada da escrita” e “e não exclui situações em que a comunicação prevê certa cerimônia”, os termos destacados significam, correta e respectivamente,
  • A reforçada e etiqueta.
  • B natural e popularidade.
  • C negada e formalidade.
  • D harmonizada e dignidade.
  • E desnecessária e polidez

As informações textuais permitem afirmar que

  • A as regras duvidosas surgiram porque os autores consideram que se pode usar a forma que soa melhor na comunicação.
  • B Faraco e Tezza asseveram que inexistem regras para a colocação de pronomes no português brasileiro.
  • C o uso de pronome átono em início de oração é informal e contraria a língua-padrão escrita.
  • D revisores e corretores de prova preferem avaliar o uso de pronomes sem usar a ideia de palavras atrativas.
  • E a colocação pronominal se limita a uma regra universal, seja para o português do Brasil seja para o de Portugal.
De acordo com Manuel Said Ali, “a pronúncia brasileira diversifica da lusitana; daí resulta que a colocação pronominal em nosso falar espontâneo não coincide perfeitamente com a do falar dos portugueses”. Uma frase do texto que comprova essa explicação do gramático e revela a tendência brasileira de colocação pronominal é:
  • A ... como o que acabo de cometer... (1° parágrafo)
  • B É claro que me refiro à língua escrita. (2° parágrafo)
  • C Sabe-se que, falando, a maior parte dos brasileiros... (2° parágrafo)
  • D ... e escrever “Faça-me o favor” ... (8° parágrafo)
  • E Se prepare, nesse caso, para as consequências. (8° parágrafo)
Assinale a alternativa em que o termo destacado está empregado em sentido figurado.
  • A No mais, Faraco e Tezza dão ao leitor a bússola de colocação pronominal... (5° parágrafo)
  • B Para poupar dor de cabeça com revisores e corretores de provas... (4°parágrafo)
  • C No livro “Oficina de Texto”, um guia de redação sensatamente equilibrado... (3° parágrafo)
  • D Isso inclui pessoas de alta escolaridade... (2° parágrafo)
  • E Me parece cada vez mais claro que o pronome átono em início de frase... (1° parágrafo)