Questões da Prova do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (DETRAN-RN) - Administrador de Redes (FGV - 2010)

Limpar Busca
A alternativa em que o sinônimo da palavra sublinhada está INCORRETO é:
  • A “Há dessas reminiscências que não descansam...” – lembranças
  • B “Um antigo dizia arrenegar de conviva...” – alugar
  • C “Eu não atino com a das que enfiei...” – lembro
  • D “... não me aflijo nunca” – atormento
  • E “... e tudo marcha com uma alma imprevista” – inopinada
Na construção de uma das opções abaixo foi empregada uma forma verbal que segue o mesmo tipo de uso do verbo “haver” em “Há dessas reminiscências que não descansam...” (1º§). Assinale-a:
  • A Todos eles hão de sentir o mesmo gosto pela política.
  • B Naquela época choveram cartas de apoio à sua candidatura.
  • C Faz muitos anos que tudo isso aconteceu.
  • D Todos os alunos haviam estudado muito para aquela prova.
  • E Os homens fizeram um abaixo-assinado para resolver o problema.
“... e eu sou acaso um deles, conquanto a prova de ter a memória fraca...”; a oração grifada traz uma ideia de:
  • A Causa.
  • B Consequência.
  • C Condição.
  • D Conformidade.
  • E Concessão.
Há um exemplo de prosopopeia em:
  • A “Como eu invejo os que não esqueceram a cor das primeiras calças que vestiram!”
  • B “E antes seja olvido que confusão; explico-me.”
  • C “Os rios, as montanhas, as igrejas que não vi nas folhas lidas.”
  • D “Não, não, a minha memória não é boa.”
  • E “... e os clarins soltam as notas que dormiam no metal, e tudo marcha com uma alma imprevista.”
Nada se emenda bem nos livros confusos, mas tudo se pode meter nos livros omissos.” A explicação anterior pode ser entendida da seguinte maneira:
  • A As narrativas que contêm elementos subentendidos não permitem inferências nem elucubrações.
  • B As narrativas que se mostram obscuras não dão margem a inferências, mas as que deixam elementos subentendidos provocam a imaginação.
  • C As narrativas épicas permitem inferir sobre as ações de generais que sacam suas armas e fazem tilintar o metal.
  • D As narrativas que são oriundas de livros omissos podem se tornar confusas.
  • E As narrativas omissas pressupõem narradores confusos.