Questões da Prova da Universidade Federal do Ceará (UFC) - Engenheiro (2015)

Limpar Busca

Os sistemas de produção, com relação ao planejamento e controle das operações, podem ser divididos em empurrados e puxados. No sistema empurrado, a quantidade a ser produzida é baseada em um plano de produção e as informações fluem da empresa para o mercado no mesmo sentido do fluxo de materiais. No sistema puxado, a quantidade a ser produzida é baseada na demanda e as informações fluem em sentido oposto, saindo da demanda e indo até a empresa. Comparando os dois sistemas, pode-se afirmar que:

  • A O sistema puxado possui riscos maiores de acúmulos de estoque.
  • B O sistema empurrado necessita uma flexibilidade maior para lidar com restrições de fornecimento de materiais.
  • C No sistema puxado, para a sua implantação é importante que o sistema de produção apresente flexibilidade.
  • D No sistema puxado, as operações são disparadas, respectivamente, pelas seguintes condições: disponibilidade do material; presença de ordem na programação definida a partir de previsões e; disponibilidade do equipamento.
  • E No sistema empurrado, o número de fornecedores tende a ser o menor possível, sendo importante que eles estejam localizados próximos à empresa.

Uma empresa do ramo têxtil utiliza a teoria das restrições e a manufatura sincronizada para o planejamento da produção de suas operações (operação 1 e 2). São disponibilizadas 470 horas mensais para produção de cada operação e o tempo de processamento, por produto, é de 48 minutos para a operação 1 e de 60 minutos para a operação 2. Considerando uma demanda mensal de 450 peças, qual é o tempo de funcionamento, por mês, da operação 1, em horas, para que não exista acúmulo de peças inacabadas entre as duas operações?

  • A 342
  • B 360
  • C 402
  • D 422
  • E 450

Os sistemas produtivos são classificados com o objetivo de facilitar a compreensão das características inerentes a cada sistema de produção e sua relação com a complexidade de gestão. Segundo o fluxo do produto, os sistemas de produção são classificados em: sistema de produção contínua; sistema de produção intermitente (por lotes ou por encomenda) e; sistema de produção para grandes projetos. Com relação ao sistema de produção contínua verifica-se que:

  • A Os produtos são padronizados e fluem de um posto de trabalho a outro em sequência prevista, sendo esse sistema marcado pela alta eficiência e acentuada inflexibilidade do mix de produtos.
  • B Os produtos passam por uma sequência de tarefas, geralmente de longa duração, marcadas por pouca repetitividade e alta flexibilidade, o que exige planejamento e controle elaborados.
  • C O volume de produção é muito baixo e os clientes, geralmente, apresentam seus próprios projetos de produto, devendo a empresa fabricá-lo segundo essas especificações.
  • D A produção possui alta uniformidade sendo composta por máquinas automatizadas, com baixa flexibilidade de produto gerando um alto custo unitário por produto.
  • E Os produtos são customizados, sendo o período de tempo longo para executar a produção, com baixo volume de produção e alta variedade de produto.

A manutenção corresponde a uma forma pela qual as organizações tentam evitar falhas, a partir do cuidado com suas máquinas e equipamentos. A gestão da manutenção influencia diretamente na gestão da produção de uma empresa. A partir de dados do Sistema de Gestão de Manutenção de uma metalúrgica, verificou-se que um torno mecânico apresenta um Tempo Médio entre Falhas (TMEF) de 210 horas e o Tempo Médio de Reparo (TMPR) de 14 horas. Qual é a disponibilidade, em percentual, dessa máquina?

  • A 6,66
  • B 93,33
  • C 93,75
  • D 97,50
  • E 100,00

Uma empresa exportadora de produtos alimentícios perecíveis decidiu expandir suas vendas para o mercado internacional. O gestor da logística ficou responsável por analisar e decidir algumas ações estratégicas para a nova Cadeia de Suprimentos da empresa. Com isso, é possível afirmar que:

  • A A empresa deve utilizar um canal único para distribuição de seus produtos nos elos da cadeia de suprimentos.
  • B A empresa deve integrar verticalmente sua produção, evitando o efeito chicote entre os integrantes da cadeia de suprimentos.
  • C A empresa deve melhorar, isoladamente, cada elo da cadeia de suprimentos, de forma a maximizar a eficiência global da cadeia de suprimentos.
  • D A empresa deve minimizar a utilização da tecnologia da informação que, geralmente, torna-se um problema para a gestão da cadeia de suprimentos.
  • E A empresa deve colaborar com fornecedores e clientes, compartilhando informações sobre demanda e estoques de seus produtos, componentes e matérias-primas.