Questões da Prova da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) - Administrador - COVEST-COPSET (2019)

Todo texto se desenvolve em torno de uma unidade semântica, que configura o que, comumente, se conhece como “seu tema central”. No caso do Texto 1, o tema que lhe confere essa 'unidade semântica” é/são:

  • A propriedades linguísticas e textuais que diferenciam um poema lírico de um ensaio filosófico.
  • B o papel da escola no sentido de levar o aluno à compreensão de que a linguagem exerce múltiplas funções em nossa vida.
  • C a compreensão do papel da palavra, ou seja, da linguagem, como criação e expressão de significados e sentidos.
  • D a realidade a que a linguagem se refere, por exemplo, nas reportagens, e que existe por si, independentemente da linguagem.
  • E a função da linguagem na abertura de universos de significação que possam abalar certezas, como na escrita/leitura de poema líricos.

Uma afirmação que ganha grande relevância, em função da ideia central do Texto 1, é:

  • A “A frase banal e a reportagem buscam uma correspondência entre o discurso e o fato”
  • B “O ensaio filosófico e o poema lírico têm outra natureza; a 'realidade' de ambos é produto da linguagem com que são elaborados”.
  • C “Nossa tarefa, como linguistas e estudiosos da linguagem, é promover a compreensão do papel comum da palavra na construção de todas as espécies de texto.”
  • D “a língua constitui a mais poderosa 'engenharia simbólica' à disposição do ser humano”.
  • E “Cabe à escola levar o aluno à percepção e à compreensão de que a palavra desempenha múltiplos papéis em nossa vida”.

A continuidade temática do texto constitui uma exigência de sua interpretabilidade. No texto 1, por exemplo, contribuíram para essa continuidade:

1) o fato de palavras como 'língua', 'linguagem', 'palavra' ocorrerem em diferentes pontos do texto, mais de uma vez.

2) o uso de certos conectivos (e, que, como, para, quer...quer), que articulam diferentes segmentos do texto, como períodos e parágrafos.

3) a aproximação semântica que se pode ver entre palavras como: 'comunicação', 'significação', 'interação verbal', 'linguística', 'escrita/leitura'.

4) o uso de um vocabulário erudito e de um padrão culto da língua, deixando o texto mais inteligível e interpretável.

5) retomadas pronominais (como em: “passar a tratá-la”), que exigem, para seu entendimento, que seja recuperado em partes anteriores do texto o objeto referido.

Estão corretos:

  • A 1, 2, 3, 4 e 5.
  • B 1, 2, 3 e 5, apenas
  • C 2, 3 e 4, apenas.
  • D 1, 3 e 5, apenas
  • E 2, 4 e 5, apenas.

Releia o seguinte fragmento: “A educação linguística e literária - que propicia a compreensão do funcionamento da linguagem - é o passaporte que permite ao indivíduo transitar conscientemente pelo mundo da interação verbal.”. Acerca desse trecho, é correto afirmar que:

  • A o 'mundo da interação verbal' corresponde ao mundo da literatura.
  • B a alusão à palavra 'passaporte' é claramente metafórica ou simbólica.
  • C 'a educação linguística' inclui a literária, pois língua e literatura são a mesma coisa.
  • D 'a educação linguística' inclui a literária, pois língua e literatura são a mesma coisa.
  • E em 'transitar conscientemente', o uso do advérbio é contextualmente irrelevante.

Na conclusão do Texto 1, há a proposta para que ultrapassemos a ideia de que a palavra tem sentido e utilidade, apenas, como simples instrumento de comunicação. Essa concepção:

  • A é contrária ao entendimento de que a palavra, ou seja, a linguagem, desempenha múltiplos papéis em nossa vida.
  • B é relevante porque reforça a necessidade e a conveniência de que seja estimulada a prática da análise e da reflexão linguísticas.
  • C é pouco convincente, pois nossos recursos de expressão são alheios aos horizontes do que provamos simbolicamente.
  • D é utópica, uma vez que a educação linguística e literária nunca poderá propiciar a compreensão do funcionamento da linguagem.
  • E é pouco consistente, pois é graças ao papel da palavra como instrumento de comunicação que o indivíduo chega ao ápice da interação verbal.