Questões da Prova do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região de Campinas - São Paulo - Analista Judiciário - Tecnologia da Informação (2009)

Limpar Busca

Atente para as seguintes afirmações:

I. As soluções improvisadas, por não serem as ideais, não devem ter lugar no estabelecimento da estratégia de uma universidade brasileira.

II. É necessário, na estratégia de uma universidade, ponderar de forma mais equilibrada a importância que se deve dar às políticas adotadas.

III. O que os países do primeiro mundo podem nos ensinar, no que diz respeito à estratégia universitária, é a maneira de compensar eventuais deficiências de infraestrutura com o nível de excelência do pessoal.

Em relação ao texto, está correto o que se afirma SOMENTE em

  • A I.
  • B I e II.
  • C II.
  • D II e III.
  • E III.

No 3º parágrafo, ao introduzir enunciados com as expressões É constrangedor e Igualmente penoso é, o autor está acusando, respectivamente, deficiências de nossas universidades quanto às políticas de

  • A equipamento e de pessoal.
  • B instalação e de equipamento.
  • C pessoal e de instalação.
  • D equipamento e de instalação.
  • E pessoal e de equipamento.

O elemento sublinhado na frase

  • A Nas universidades brasileiras, mesmo de bom nível, as bibliotecas ainda não receberam a atenção devida representa uma exceção à regra do caso que está sendo analisado.
  • B (...) há que deixar margem à capacidade brasileira de improvisar está empregado no sentido habitual com que se usa a expressão deve-se deixar à mar- gem a.
  • C É constrangedor (...) vê-las sem meios de (...) ampliar o acervo e manter um ritmo normal de atualização está-se referindo à necessidade constante de reciclagem dos profissionais especializados.
  • D Igualmente penoso é ver a desqualificação relativa da função de bibliotecário, que apesar das melhorias ainda não teve o reconhecimento (...) que merece esclarece-se com a referência às melhorias que já houve.
  • E (...) é preciso repensar a relação entre docentes e bibliotecários, dando a estes um relevo que poucas vezes lhes é atribuído está-se referindo a docentes e bibliotecários.

Está clara e correta a redação do seguinte comentário sobre o texto:

  • A Esses três parágrafos constituíram a introdução de um discurso do autor, proferido quando da inauguração da biblioteca de uma instituição universitária.
  • B Antonio Candido, iminente intelectual brasileiro, valeu-se dessa introdução para abrir um discurso que inaugurava uma biblioteca.
  • C O autor tem razão quando constata de que a maioria das nossas bibliotecas deixa a desejar do que se espera de um funcionamento ideal.
  • D Um acervo e um ritmo normal de atualização são indispensáveis enquanto requisitos para que uma boa biblioteca possa a vir preenchê-los.
  • E Docentes e bibliotecários podem e devem trabalhar em estreita concomitância, quando se deseja que ambos enobreçam a mesma função.

A forma destacada entre parênteses pode substituir corretamente o elemento sublinhado na frase:

  • A A importância de um laboratório é grande, e a de uma biblioteca deve ser equivalente à de um laboratório. (deve sê-la equivalente)
  • B Não podemos, por ora, seguir o exemplo de países avançados, já que nos faltam os meios de que dispõem esses países. (de cujos eles dispõem)
  • C É bom reconhecer que os brasileiros têm capacidade de improvisar, mas não se tome essa capacidade como uma panacéia. (não se lhe tome)
  • D É pena que não se atribua aos bibliotecários a importância que a esses profissionais merece ser creditada. (merece sejam-lhes creditada)
  • E Um bibliotecário-bibliógrafo assume funções pelas quais se atribuem a esse profissional respon- sabilidades de um professor. (se lhe atribuem)