Questões da Prova da Prefeitura de Presidente Kennedy - ES - Professor - Língua Portuguesa (2013)

Limpar Busca

O conhecimento científico é objetivo, reflexivo, complexo e utiliza o método científico para avaliar os fenômenos. Pelo fato de não ser uma verdade única e acabada, está em constante evolução, diferentemente do senso comum, que é uma forma de pensar, agir e sentir da maioria das pessoas de uma sociedade que se baseia na subjetividade, perpetuando hábitos e tradições.


Com base nas informações apresentadas, pode-se afirmar:

  • A Todo conhecimento é produto de uma prática social e histórica que os indivíduos assimilam e transformam para a compreensão da realidade.
  • B A atitude crítica é constitutiva do trabalho científico, cujas explicações nem sempre são submetidas a testes rigorosos para serem aceitas como verdade, porque essa verdade será provisória.
  • C O conhecimento científico preocupa-se com o rigor que a experiência científica exige, sem questionar os problemas colocados pelo cotidiano.
  • D O senso comum não é uma forma válida de conhecimento, porque o homem não precisa dele para encaminhar, resolver ou superar suas necessidades do dia a dia.
  • E A educação formal se baseia no senso comum, pois o conhecimento científico é de competência dos pesquisadores, responsáveis pelas descobertas do saber em todas as áreas.

A educação necessita tanto de formação técnica e científica como de sonhos e utopias

Paulo Freire


Considerando-se o pensamento apresentado e o impacto que as novas tecnologias têm, atualmente, sobre a educação, marque V para as afirmativas verdadeiras e F, para as falsas.


( ) As novas tecnologias de informação proporcionam o acesso instantâneo ao conhecimento e o contato permanente entre pessoas e instituições.

( ) A globalização da informação e da comunicação inibe a aceleração das descobertas científicas.

( ) O desenvolvimento da informação e a expansão dos conhecimentos ligados às mudanças tecnológicas contribuem para a existência de novos contextos de educação e permitem ao educando uma nova autonomia.

( ) O professor já não é o único detentor do saber, porém parceiro de um saber coletivo que lhe compete organizar, situando-se na vanguarda do processo de mudança.


A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é

  • A V F V V
  • B V V F F
  • C V F F F
  • D F F V V
  • E F F F V

Em 1906, morando numa casa em rua de terra, com luz de lampião, fogão a lenha e água de poço, um menino fica sabendo pelo seu pai que um compatriota, chamado Santos Dumont, havia, em Paris, acabado de voar num artefato mais pesado que o ar, o XIV Bis. Nessa ocasião, a França era considerada uma potência mundial. Sessenta e três anos depois, ou seja, em 1963, esse mesmo cidadão, agora com 70 anos, morando numa casa com iluminação elétrica, dotada de ar condicionado, geladeira, telefone, fogão a gás, água encanada, assistiu, através de um aparelho de televisão, o astronauta norte-americano Armstrong descer na Lua. Nessa ocasião, os EUA firmavam a sua posição de superpotência mundial, ancorados numa ampla hegemonia científica e tecnológica. (EDU.TEC - Revista Científica Digital da Faetec – Ano I – v.01 – nº.01 – 2008 – ISSN: 0000-000).


Considerando-se o contexto apresentado e supondo-se que esse cidadão subitamente voltasse a viver na atualidade, presenciaria, exceto

  • A um mundo em constante mutação, graças aos avanços da ciência e da tecnologia.
  • B empresas mais competitivas, acompanhando a escada da evolução científica e tecnológica.
  • C avanços tecnológicos e científicos que ultrapassam as mudanças que aconteceram em todo século XX.
  • D um acúmulo de conhecimentos científicos descartáveis, veiculados nas redes sociais.
  • E um descompasso entre o mundo do trabalho e a preparação da mão de obra qualificada, para acompanhar os avanços tecnológicos.

Para Paulo Freire (1987), os homens aprendem em comunidade. Se as pessoas de diferentes contextos culturais, visões de mundo e níveis cognitivos estiverem conectadas, maiores serão as possibilidades de situações de aprendizagem.

Baseando-se no pensamento apresentado e nos conhecimentos sobre educação, marque V para as afirmativas verdadeiras e F, para as falsas.


( ) O professor passa a ser o detentor do saber e transmissor de conteúdos e também o facilitador da aprendizagem, estimulando nos alunos a cultura de produção e o debate de ideias.

( ) Na prática pedagógica culturalmente orientada, é necessária a visão das culturas inter-relacionadas e mutuamente geradas e influenciadas, sendo importante que se considere a escola como um espaço de cruzamento de culturas e saberes.

( ) Aos professores da educação básica não competem tornarem-se pesquisadores dos saberes, valores e práticas que desenvolvem, porque a atividade de pesquisa está restrita à universidade e, por esse motivo, não cabe, na proposta curricular da escola, esse espaço.

( ) A escola precisa repensar suas estratégias e buscar alternativas mais eficientes e eficazes para oferecer, com mais qualidade, possibilidades de aprendizagem que satisfaçam a necessidade das pessoas e da cultura em que estão inseridas, sem descuidar da meta de gerar uma educação contextualizada e crítica.


A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é

  • A V V V V
  • B V V F F
  • C V F F F
  • D F V F V
  • E F F F V

O Ensino Médio no Brasil está mudando. A consolidação do Estado democrático, as novas tecnologias e as mudanças na produção de bens, serviços e conhecimentos exigem que a escola possibilite aos alunos integrarem-se ao mundo contemporâneo nas dimensões fundamentais da cidadania e do trabalho.

Pensar um novo currículo para o Ensino Médio deve-se levar em consideração dois fatores: as mudanças estruturais que decorrem da chamada “revolução do conhecimento”, alterando o modo de organização do trabalho e as relações sociais; e o atendimento aos padrões de qualidade que se coadunem com as exigências dessa nova ordem social.


Levando-se em conta o texto apresentado e a importância de se repensar um novo Ensino Médio, é correto afirmar, exceto:

  • A A reorganização curricular em áreas de conhecimento tem como objetivo facilitar o desenvolvimento dos conteúdos numa perspectiva da interdisciplinaridade e da contextualização.
  • B A sociedade do conhecimento exige dos indivíduos a consciência de que é necessário o constante crescimento como pessoa humana e o favorecimento ao prosseguimento dos estudos.
  • C A formulação dos currículos deve contemplar estratégias que assegurem a preparação básica para o trabalho e para a cidadania, pressupostos da educação contemporânea.
  • D A universalização da educação básica, ao mesmo tempo em que se amplia o acesso ao Ensino Médio e Superior, permite ao educando continuar aprendendo, tendo em vista o desenvolvimento da compreensão dos fundamentos científicos e tecnológicos dos processos produtivos.
  • E As escolas devem preparar os educandos para o prosseguimento de estudos, voltados para uma habilitação que possibilite o exercício de uma profissão técnica, para a classe média e o acesso ao Ensino Superior para as elites.