Questões da Prova do Quadro Técnico do Corpo Auxiliar da Marinha (Quadro Técnico) - Ciências Biológicas (2019)

Limpar Busca

A emissão de gases pela atividade industrial, assim como a queima de combustíveis fósseis e de etanol em veículos automotores, vem acarretando grande aumento do CO2 atmosférico. Qual é a consequência negativa desse aumento à biota marinha?

  • A Aumento da temperatura global (efeito estufa) e o derretimento das calotas polares. A conseqüência é a diminuição da salinidade marinha.
  • B O CO2 difundido ao mar, junto aos nutrientes de origem terrícola, causam floração do fitoplâncton. A consequência é o aumento da eutrofização de águas costeiras.
  • C O CO2 difundido ao mar causa desvio das reações do ciclo do carbono, aumentando as concentrações de H+ livre, abaixando o pH. O aumento do H+ provoca reações de dissolução do CaCO3, comprometendo recifes coralinos e organismos com concha.
  • D O aumento do CO2 e de outros gases de efeito estufa (como NH4 e H2S) difundem à água do mar, provocam a reação: CO2 + H2S + O2 + H2O -> CH2O + H2SO4, causando a acidificação dos oceanos.
  • E O CO2 atmosférico difundido ao mar causa desvio das reações do ciclo do carbono, com aumento de H+ livre, abaixando o pH. A conseqüência é o aumento das concentrações de CO32- dificultando a mineralização do CaCO3, comprometendo recifes coralinos e organismos com concha.

Qual é a técnica de microscopia adequada para contagem de células vivas de nanoplâncton?

  • A Eletrônica de Varredura.
  • B Eletrônica de Transmissão.
  • C Epifluorescência.
  • D Confocal.
  • E Estereomicroscopia.

Assinale a opção que NÃO apresenta uma estratégia adotada por organismos planctônicos para se manter em suspensão na coluna de água dos oceanos.

  • A Reduzir a densidade corporal a valores próximos à água do mar.
  • B Aderir à superfície de outros organismos com flutuabilidade positiva.
  • C Nadar ativamente em direção à superfície.
  • D Adotar uma forma hidroestática para desacelerar o afundamento.
  • E Aproveitar a turbulência marinha para ascender na camada de mistura.

Leia o texto a seguir.

Espécie oceânica, epipelágica, de distribuição circumglobal, mais abundante em águas equatoriais e tropicais. Mais frequente em águas com temperatura entre 18 e 31° C; distribuição vertical condicionada pela temperatura, sendo mais abundante dentro ou acima da termoclina. Importante recurso pesqueiro, no Brasil ocorre em toda a costa, capturada principalmente com espinhel pelágico.

Qual espécie é descrita no texto.

  • A Thunnus albacares (Albacora laje).
  • B Lutjanus purpureus (Pargo).
  • C Galeocerdo cuvieri (Tintureira).
  • D Epinepheius adscensiones (Garoupa pintada).
  • E Centropomus undecimalis (Robalo).

Os mecanismos de redistribuição de células aderidas a uma superfície, a divisão celular e o espalhamento sobre uma superfície, e o recrutamento de células a partir do fluido adjacente na colonização de uma superfície atuam:

  • A na dispersão larval.
  • B no “quorum sensing”.
  • C na formação do biofilme.
  • D na agregação do plâncton.
  • E na produção biológica.