Questões da Prova da Prefeitura Municipal de Pinhais - Educador Social (2017)

Limpar Busca
O poema de Cecília Meireles trabalha habilmente as circunstâncias temporais. Com isso em mente, analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s).

I. O tempo passado (desenvolvido apenas na primeira estrofe) faz referência a ações impensadas, as quais trarão dor e arrependimento ao eu lírico.
II. O tempo presente destaca certo aspecto sensorial por meio, por exemplo, da sinestesia.
III. O tempo futuro sugere o clímax da felicidade do eu lírico, pois é lá que ele encontrará a vida perfeita.
  • A Apenas I.
  • B Apenas II.
  • C Apenas III.
  • D Apenas I e III.
  • E Apenas II e III.
Em relação ao texto 1, assinale a alternativa correta.
  • A O eu lírico, ao associar o sonho a um navio, acaba personificando-os, visto que ambos são tratados como elementos dotados de sentimentos humanos.
  • B Ao dizer que suas mãos “ainda” estão molhadas, o eu lírico reforça a relação quase orgânica que ele mantinha com o sonho.
  • C Em “o vento vem vindo de longe”, a sonoridade das consoantes (recurso conhecido como assonância) imita concretamente o som do vento se aproximando.
  • D No poema, o choro também parece estar associado a necessidades, aparentemente, calculadas.
  • E Os olhos, secos como pedras, indica que o choro cessou e, portanto, o eu lírico encontrou a felicidade.
Assinale a alternativa que apresenta oração subordinada similar à encontrada em “a maneira como o receberam era um aviso”.
  • A “Pus o meu sonho num navio / e o navio em cima do mar; [...]”.
  • B " [...] - depois, abri o mar com as mãos, / para o meu sonho naufragar [...]”.
  • C “[...] a cor que escorre de meus dedos / colore as areias desertas. [...]”.
  • D “Chorarei quanto for preciso, [...]”.
  • E "[...] meus olhos secos como pedras [...]”.
Assinale a alternativa cujo elemento destacado é classificado como adjunto adnominal.
  • A “Pus o meu sonho num navio [...]”
  • B “[...] e o navio em cima do mar
  • C “[...] depois, abri o mar com as mãos [...]”
  • D “Minhas mãos ainda estão molhadas / do azul das ondas entreabertas [...]”
  • E “O vento vem vindo de longe [...]”
Todas as assertivas a seguir são uma tentativa de interpretar o uso das figuras de linguagem no poema. Analise-as e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s).


I. Em “[...] e a cor que escorre de meus dedos / colore as areias desertas.”, a combinação entre um elemento tátil e outro visual sugere uma descrição sinestésica.
II. Em “[...] a noite se curva de frio;”, há prosopopeia.
III. Em “Chorarei quanto for preciso, / para fazer com que o mar cresça [...]”, há uma exagero sintático conhecido como hipérbato.
  • A Apenas I.
  • B Apenas II.
  • C Apenas III.
  • D Apenas I e II.
  • E Apenas II e III.