Questões da Prova do Consórcio Regional Intermunicipal de Saúde - CRIS (CRIS) - Médico pediatra (2019)

Limpar Busca

Recursos estilísticos como o uso de palavras sinônimas são de extrema importância para uma produção textual clara e concisa. Considere a frase de Clarice Lispector: “Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.”, e assinale a alternativa cujo conteúdo é um termo antônimo ao termo sublinhado:

  • A Cafangada.
  • B Achaque.
  • C Labéu.
  • D Apuro.

Considerando às regras de divisão silábica, assinale a alternativa que refere-se corretamente à palavra gnomo:

  • A Não se separa consoante não seguida de vogal.
  • B Não se separa consoante seguida de vogal que inicia palavra.
  • C Não se separam os dígrafos seguidos de vogal.
  • D Os dígrafos seguidos de consoantes devem formar uma nova sílaba.

Leia a frase abaixo e em seguida assinale a alternativa CORRETA:
“O mundo é um lugar mau para se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer.”
Quanto às palavras mau e mal, assinale a alternativa correta:

  • A São parônimas homógrafas.
  • B São parônimas homófonas.
  • C São homônimas homógrafas.
  • D Nenhuma das alternativas.

Considerando as regra de acentuação dos monossílabos, assinale a alternativa CORRETA:

  • A A terceira pessoa do plural, dos verbos monossílabos terminados em “ê”, deve ser acentuada.
  • B Os monossílabos tônicos formados por ditongos abertos não devem ser acentuados.
  • C Os monossílabos com as terminações: tu, noz, vez, par, quis, etc., devem ser acentuados.
  • D A terceira pessoa do plural, dos verbos monossílabos terminados em “em”, deve ser acentuada.

Pronomes são palavras que substituem ou acompanham outras palavras principalmente os substantivos. Quando se referem à terceira pessoa do discurso de forma vaga, imprecisa e genérica, são chamados pronomes indefinidos. Assinale a frase cujo termo sublinhado o pronome indefinido assume a forma de locução pronominal

  • A Todo aquele que lê demais e usa o cérebro de menos adquire a preguiça de pensar.
  • B Dizes que a beleza não é nada? Quem imagina um hipopótamo com alma de anjo?
  • C Para quê preocuparmo-nos com a morte? A vida tem outros problemas que temos de resolver primeiro.
  • D Só sei que nada sei, e o fato de saber isso, me coloca em vantagem sobre aqueles que acham que sabem alguma coisa.