Questões da Prova do Controladoria Geral do Município do Rio de Janeiro (CGM - RJ) - Técnico - Controle Interno - Conhecimentos Específicos (2015)

Limpar Busca

O balanço financeiro de uma prefeitura, elaborado em 31/12/2014, apresentava a seguinte estrutura (valores em R$):

                    

Com base nesses dados, pode-se concluir que o valor das despesas pagas do exercício foi igual a: 

  • A R$ 46.500,00
  • B R$ 39.500,00
  • C R$ 41.000,00
  • D R$ 43.500,00

Em 31/12/2014, uma prefeitura, para elaborar o balanço patrimonial, utilizou-se das seguintes contas com seus respectivos saldos constantes do balanço de verificação, depois de efetuados todos os ajustes necessários (valores em R$):

Caixa e Equivalente de Caixa (F)..............................20.000

Fornecedores e Contas a Pagar (F)............................6.000

Pessoal e Encargos a Pagar (F)..................................5.000

Investimento (P)............................................................6.000

Estoques (P).................................................................4.000

Créditos a Receber a Curto Prazo (P).........................2.000

Empréstimos Obtidos a Longo Prazo (P)....................26.500

Empréstimos Obtidos a Curto Prazo (P)........................2.000

Resultado Acumulado.................................................16.500

Imobilizado (P)............................................................22.000

Intangível (P)................................................................2.000

Em consequência da execução orçamentária do exercício, em 31/12, também foram observados, entre outros, os seguintes saldos das contas do subsistema orçamentário:

Créditos Empenhados a Liquidar.......................2.500

Créditos Empenhados em Liquidação................1.000

No balanço patrimonial elaborado em 31/12/2014, pode-se afirmar que o montante do superávit financeiro correspondia a: 

  • A R$ 13.000,00
  • B R$ 9.000,00
  • C R$ 5.500,00
  • D R$ 6.500,00

De acordo com as normas aplicadas ao setor público, um determinado município ao elaborar o balanço patrimonial consolidado, deverá excluir, no processo de consolidação, todas as contas cujo dígito do quinto nível da sua estrutura – x.x.x.x.X.xx.xx - seja representado pelo seguinte número:

  • A 2 (dois)
  • B 1 (um)
  • C 3 (três)
  • D 4 (quatro)

As despesas realizadas por uma prefeitura, no exercício financeiro, referentes às aquisições de ativo não circulante, por ocasião da elaboração do quadro principal da Demonstração de Fluxo de Caixa, pelo método direto, deverão constar como elemento na apuração do fluxo líquido de caixa da seguinte atividade:

  • A de financiamentos
  • B de investimentos
  • C das operações
  • D de planejamento

Durante o exercício financeiro de 2014, uma prefeitura realizou as seguintes transações: (valores em R$)

Reconhecimento de créditos tributários...........................22.000

Arrecadação de outras receitas correntes não tributárias.......14.000

Recebimentos de créditos tributários...............................16.000

Aquisição de mobiliários...................................................4.000

Amortização de operações de crédito internas.................12.000

Pagamento de pessoal e encargos................................16.000

Alienação de bens móveis.................................................6.000

Aquisição de um imóvel..................................................16.000

Recebimentos de dividendo de empresas controladas......3.200

Apropriação de bens doados por terceiros.......................1.600

Com base nessas informações, pode-se afirmar que o montante das Variações Patrimoniais Aumentativas correspondeu a:

  • A R$ 56.800,00
  • B R$ 34.800,00
  • C R$ 40.800,00
  • D R$ 50.800,00