Questões de Concursos para Técnico - Análises Clínicas

Limpar Busca

De acordo com a tipologia textual, por ter sido publicado em jornal, o texto se define como informativo. Tais textos apresentam características de estruturação, entre as quais NÃO se encontra a que se expressa na opção:

  • A breve apresentação inicial do tópico principal da matéria desenvolvida, seguida do corpo do texto, exposição detalhada do fato noticiado.
  • B linguagem marcada pela imparcialidade e neutralidade do emissor em relação ao fato noticiado.
  • C emprego predominante de verbos no modo indicativo, como forma de se expressar a exatidão do fato noticiado.
  • D textos direcionados a um público-alvo, geralmente de interesse apenas das comunidades acadêmicas onde se desenvolvem pesquisas.
  • E transmissão das informações para os leitores de forma mais objetiva possível, alheia ao emissor.

“A solução adotada pelos cientistas foi fabricar redes COM agulhas de ouro extremamente pequenas, COM pontas dez mil vezes menores que a espessura de um fio de cabelo” (2º §).

No fragmento transcrito acima, a preposição “com” foi destacada duas vezes. Considerando-se os valores sintáticos e semânticos das preposições, as duas ocorrências da preposição “com”, no fragmento acima, estão corretamente analisadas em:

  • A em ambas introduz o sentido de meio, relacionando, por subordinação, o termo regente “redes” aos regidos “agulhas” e “pontas”.
  • B em ambas introduz o sentido de modo, exercendo os termos subordinados “agulhas” e “pontas” a função sintática de adjunto adverbial em relação a “redes”.
  • C na primeira ocorrência, a preposição “com” subordina “agulhas” a “redes”; na segunda, subordina “pontas” a “agulhas”.
  • D na primeira ocorrência, a preposição “com” introduz o sentido de concessão; na segunda, o sentido de finalidade.
  • E em ambas introduz o sentido de instrumento, subordinando, respectivamente, “agulhas” a “redes” e “pontas” a “agulhas”.

Analise as afirmativas a seguir, em relação aos aspectos clínicos da infecção causada pelo S. stercoralis.

I – Larvas filarioides podem ser encontradas em casos com ritmo intestinal lento ou na hiperinfecção.

II – A infecção subclínica pode evoluir para uma hiperinfecção no paciente que está em quimioterapia.

III – A tríade diarreia, dor abdominal e urticária com eosinofilia é sugestiva da infecção.


Sobre as afirmativas acima, pode-se dizer que:

  • A apenas I está correta.
  • B apenas II está correta.
  • C apenas I e II estão corretas.
  • D apenas II e III estão corretas.
  • E todas estão corretas.

A coleta de sangue para o diagnóstico parasitológico da filariose linfática deve ser feita preferencialmente no horário entre:

  • A 23h e 1h.
  • B 12h e 16h.
  • C 20h e 22h.
  • D 5h e 7h.
  • E 19h e 22h.

Na detecção Laboratorial da resistência bacteriana aos antimicrobianos são empregadas várias metodologias. Tais métodos nem sempre são os mais eficazes, porém são os que o laboratório possui condição de realizar devido ao custo e disponibilidade de técnicas mais avançadas. Com base nesta realidade, considere as frases a seguir: I- Os halos de inibição por disco-difusão são plenamente confiáveis. II- Todos os antimicrobianos devem ser testados por microdiluição. III- As metodologias automatizadas possuem algumas limitações dependendo do micro-organismo analisado e do antimicrobiano testado. IV- Alguns antimicrobianos não difundem adequadamente no ágar. V- A microdiluição é um método rápido, de baixo custo e de fácil execução para a rotina laboratorial. Sobre as afirmativas acima podemos dizer que estão corretas:

  • A apenas a III e IV.
  • B apenas a I e II.
  • C apenas a II, III e IV.
  • D apenas a I e V.
  • E todas as afirmativas.