Questões de Concursos para Psicólogo

Limpar Busca
As Diretrizes de Riad, de 1990, apesar de não possuírem força normativa no Brasil, é observada, sobretudo quanto aos seus princípios fundamentais. Assinale a alternativa incorreta.
  • A Prevenir a delinquência juvenil como parte essencial da prevenção do delito na sociedade
  • B Propiciar investimentos objetivando o bem estar das crianças e dos adolescentes
  • C Aplicar medidas políticas e progressistas de prevenção à delinquência
  • D Implementar políticas e diretrizes para promoção, defesa e fiscalização dos direitos das crianças e adolescentes
  • E Desenvolver serviços e programas com base na comunidade para a prevenção da delinquência juvenil
Segundo Messa (2010): “A Psicologia Jurídica corresponde a toda aplicação do saber psicológico às questões relacionadas ao Direito, abarcando a Psicologia Criminal, a Psicologia Forense e a Psicologia Judiciária. [...] Segundo Leal (in MESSA, 2010), a Psicologia Jurídica abrange diversas áreas de atuação.” (p. 2). Com relação à área da Psicologia Jurídica e as Questões da Infância e da Juventude, o que é correto afirmar como sendo uma atuação do psicólogo, de acordo com Leal:
  • A Acidentes de trabalho, indenizações e danos psicológicos no trabalho
  • B Casos de adoção, crianças e adolescentes em situação de risco, intervenção junto a crianças abrigadas, medidas socioeducativas
  • C Separação, paternidade, disputa de guarda e acompanhamento de visitas
  • D Interdições, indenizações e dano psíquico
  • E Estudo do testemunho e falsas memórias
“A educação é uma chave, uma chave que abre possibilidades de transformar o homem anônimo, sem rosto, naquele que sabe que pode escolher, que é sujeito participante, da reflexão do mundo e da sua própria história, assumindo a responsabilidade dos seus atos e as mudanças que fizer acontecer”.
(GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ. Pensando e praticando a socioeducação. Cadernos do IASP – Instituto Ação Social do Paraná. Curitiba, 2007. p. 37. Disponível em http://www.dease.pr.gov.br/arquivos/File/PensPratSocio.pdf. Acesso em 17.03.2020).
Nesse contexto, surge um importante ator social, o socioeducador. Sobre o seu papel, assinale a alternativa correta.


  • A O socioeducador não deve se distanciar da realidade do adolescente, ele deve ser espectador da própria prática socioeducacional. Ao contrário, para conseguir cumprir seu papel, é necessário inserir-se no meio, fazer parte dele, viver a realidade, solidarizando-se com ela. Solidarizar-se significa colocar à disposição dos jovens todo o saber e bagagem pessoal que possui, buscando, em conjunto, viabilizar ações, novas experiências, maneiras diferentes de ver, perceber, agir e se relacionar com o mundo
  • B O educador precisa ser um facilitador que ajuda a descobrir caminhos, a pensar alternativas e a revelar significados. Ele deve agir como condutor do adolescente, que nesse processo é o passivo, que segue e obedece
  • C O educador precisa ter certeza de que conseguirá dar ao adolescente tudo de que necessita. Isso acontecerá, principalmente se ele tiver clareza da sua identidade, da sua função e do seu papel
  • D O socioeducador deve representar a centralidade da proposta educativa para o adolescente em conflito com a lei. É para o socioeducador que se voltam todos os setores da unidade em suas diferentes abordagens e contribuições
  • E É papel do socioeducador despertar e reforçar os valores morais, como o respeito, o valor à vida, a tolerância, a responsabilidade, a igualdade, a justiça e a paz, para que passem a ser referenciais no modo de agir do adolescente; estimular o adolescente a realizar uma leitura crítica e autônoma de si mesmo e do mundo a sua volta; bem como acompanhá-lo em um processo de conscientização de sua história de vida, possibilidades para o futuro e desejo de mudança
O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) constitui a base legal de noção de proteção integral, em que todas as crianças e adolescentes são prioridade absoluta, desfrutam dos mesmos direitos e deveres compatíveis com seu desenvolvimento e devem ser cuidados pela família, sociedade e Estado. Sendo assim, prevê dispositivos para o julgamento de adolescentes infratores. (in MESSA, 2010, p. 58). Assinale a alternativa incorreta com relação ao que determina, no caso de adolescentes infratores, o ECA:
  • A O adolescente que pratica um ato infracional é inimputável, mas não fica impune
  • B O ECA responsabiliza o adolescente infrator, de acordo com a legislação especial, levando em conta a sua condição peculiar de desenvolvimento
  • C O ECA prevê como medidas a necessidade de reeducação e ressocialização
  • D O adolescente é visto como imputável e dessa forma, será punido como qualquer indivíduo pelo delito praticado
  • E Dentre as medidas socioeducativas, o ECA prevê, por exemplo, medidas em meio aberto, não privativas de liberdade como: advertência, reparação do dano, prestação de serviços à comunidade e liberdade assistida
O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), é o marco legal e regulatório dos direitos das crianças e dos adolescentes. Nele há previsão dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária. O art. 4º, Parágrafo Único do ECA elenca algumas ações para garantir essa prioridade assinale a alternativa incorreta.
  • A Preferência na formulação e na execução das políticas sociais públicas
  • B Obrigatoriedade de vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias
  • C Primazia de receber proteção e socorro em quaisquer circunstâncias
  • D Destinação privilegiada de recursos públicos nas áreas relacionadas com a proteção à infância e à juventude
  • E Precedência de atendimento nos serviços público ou de relevância pública