Questões de Concursos para Vestibular

Limpar Busca

Em um quintal existem porcos e galinhas, num total de 46 patas e 16 animais. Considerando y o número de galinhas, o total de porcos será

  • A 7
  • B 8
  • C 9
  • D 10
  • E 12

Um estudo realizado pela pesquisadora Thaís Bremm Pluth e colaboradores teve como objetivo levantar dados sobre a relação entre a exposição aos agrotóxicos e o câncer, com foco em agricultores, população rural, aplicadores de agrotóxicos e trabalhadores rurais. Os resultados foram publicados no jornal científico Saúde em Debate com o título “Exposição a agrotóxicos e câncer: uma revisão integrativa da literatura” (v. 43, n. 122, p. 906-924, 2019. DOI: 10.1590/0103-1104201912220).
Sobre essa temática, verifica-se que:

  • A os estudos contraditórios sobre o aumento do risco de câncer por exposição a pesticidas confirmam que esses compostos químicos estão desassociados com o processo de carcinogênese em humanos, inclusive em trabalhadores rurais com exposição crônica.
  • B a exposição à contaminação química rural é inócua, no contexto de saúde pública ambiental, para o desencadeamento da tumorigênese, independendo de características individuais como perfil étnico-racial, idade, sexo e histórico familiar.
  • C as investigações atuais são frustrantes quanto à associação entre os pesticidas e o risco de câncer, corroborando a segurança em longo prazo do uso de herbicidas, inseticidas e fungicidas, principalmente dos organofosfatados.
  • D para os estudos em que os inseticidas não foram associados com as neoplasias malignas dos órgãos genitais femininos, o papiloma vírus humano permanece como fator de risco mais conhecido, em especial do câncer cervical.
  • E a hipotética relação entre pesticidas e neoplasias ainda aguarda por ser comprovada em humanos, sendo segura a compreensão de que tal evidência etiológica é aleatória e sem vínculo com tipos histológicos ou de tumores específicos.

Observe a figura a seguir.



Disponível em: https://brainly.com.br/tarefa/30019680. Acesso em: 12 nov. 2020.


A Terra não é um todo homogêneo, pois é composta por camadas que se diferenciam pela espessura, temperatura, densidade e materiais que as compõem, o que constitui a estrutura geológica do planeta. Sobre essa estrutura do planeta Terra, verifica-se que

  • A o núcleo interno é a camada mais volumosa da Terra, na qual têm origem os movimentos tectônicos e sísmicos.
  • B a crosta é a camada mais superficial da Terra, e é composta por rochas graníticas, mostrando-se homogênea.
  • C o conjunto das crostas continental e oceânica, chamado de Litosfera, constitui a esfera rígida do planeta.
  • D o manto é a camada central da Terra e divide-se em manto externo e manto interno, composto por ferro e níquel.
  • E a crosta oceânica, composta por rochas sedimentares, é menos densa e mais antiga que a crosta continental.

Pedro comprou três calças pelo preço unitário de R$82,00 e cinco camisas pelo preço unitário de R$110,50. Como pagou a vista, ele teve desconto de 15% no preço das calças e 18% no preço das camisas.
Nessas condições, o valor total de descontos nas compras foi

  • A R$119,77
  • B R$122,57
  • C R$128,77
  • D R$136,35
  • E R$138,35

O estudo da Biologia ocorre frequentemente pela observação e análise de estruturas. Enquanto algumas estruturas podem ser capturadas por imagem a olho nu, outras dependem de equipamentos como microscópios. Os microscópios, por sua vez, podem ser do tipo óptico ou eletrônico, dependendo do poder de resolução, ou seja, dependendo da capacidade de distinção de imagens de objetos muito pequenos. A figura a seguir ilustra diferentes estruturas investigadas na área das Ciências Biológicas:

Quanto ao poder de resolução, verifica-se que

  • A átomos (0,1nm) e proteínas (~10 nm) são visíveis ao microscópio eletrônico; vírus (100 nm) e cloroplastos (1 µm), ao microscópio óptico; e homem (>1 m), ao olho nu.
  • B ovos de peixe (1 mm) são visíveis ao microscópio eletrônico; vírus (100 nm) e bactérias (1 a 10 µm), ao microscópio óptico; e baleia azul (>10 m), ao olho nu.
  • C lipídios (0,1 nm) são visíveis ao microscópio eletrônico; bactérias (1 a 10 µm) e sequóia (>100 m), ao microscópio óptico; e beija-flor (0,1 m), ao olho nu.
  • D pequenas moléculas (~1 nm) são visíveis ao microscópio eletrônico; células animais e vegetais (10 a 100 µm), ao microscópio óptico; e ovo de peixe (1 mm), ao olho nu.
  • E cloroplasto (1 µm) e bactérias (1 a 10 µm) são visíveis ao microscópio eletrônico; células vegetais, ao microscópio óptico; e grãos (<1 cm), ao olho nu.