Questões de Concursos para Professor - Técnica de Linguagem de Sinais

Limpar Busca

Assinale a alternativa em que a forma grifada pertence à mesma classe gramatical que a destacada em “mesmo no mundo dos surdos...” (linha 19).

  • A Os alunos mesmos inventaram uma forma de se comunicar.
  • B As línguas de sinais têm o mesmo status de uma língua natural.
  • C Os circuitos cerebrais da língua de sinais e da língua falada são os mesmos.
  • D Mesmo tardiamente, o governo reconheceu a língua de sinais da Nicarágua.
  • E O caso da Nicarágua mostrou que a língua de sinais é mesmo uma língua natural.

As línguas de sinais têm um léxico mental de formas sinalizadas e um sistema de criação de sinais novos a partir do qual elementos significativos (morfemas) são combinados. Quanto às regras morfológicas construídas no sistema linguístico da Libras, assinale a alternativa correta.

  • A O sinal CASINHA traz a marca de desinência do diminutivo apenas pelo parâmetro configuração de mãos.
  • B Mesmo agregando significado, as expressões faciais e as expressões corporais se enquadram exclusivamente numa posição fonológica.
  • C Uma unidade lexical sinalizada pode se tornar morfema-base para a derivação de novas unidades lexicais sinalizadas de mesmo campo semântico.
  • D Morfemas livres são unidades derivadas que funcionam como complemento na construção de unidades lexicais sinalizadas – por exemplo, o sinal CASARÃO.
  • E Em Libras, as unidades lexicais sinalizadas simples são as que podem ser divididas em componentes menores, dotados de significado – por exemplo, o sinal PALAVRA.

Sobre a presença das abordagens educacionais ao longo do tempo é correto afirmar:

  • A No Brasil, o Decreto 5626 de 2005 propõe em seu artigo 25 que os alunos surdos matriculados nas redes de ensino da educação básica devem receber prótese auditiva (inciso IV) e acompanhamento fonoterápico (inciso V), logo, hoje no Brasil, o Oralismo é a abordagem educacional que predomina.
  • B Na idade moderna, os preceptores ensinavam aos jovens nobres surdos através de estratégias variadas que envolviam fala, escrita, sinais e alfabeto digital, portanto neste período tínhamos as 3 abordagens educacionais convivendo: o Oralismo, a Comunicação Total e o Bilinguismo.
  • C Na década de 1970, as novas pesquisas sobre línguas de sinais e a insatisfação com os resultados alcançados pela escola, abrem caminho para o surgimento da abordagem da Comunicação Total.
  • D Na Antiguidade, por influência do filósofo Aristóteles, os surdos eram considerados inferiores, já que não falavam. Nesse contexto histórico predominava a abordagem oralista de educação de surdos.
  • E O abade francês Michel de L’Epée foi o primeiro a reconhecer o valor da língua de sinais, levando-a para o contexto educacional e transformando-a na língua de instrução do Instituto de Surdos Mudos de Paris. Nesta ocasião, a abordagem educacional predominante foi o Bilinguismo.

Assinale a alternativa em que a letra destacada representa o mesmo fonema que a destacada em: “eXemplo” (linha 11).

  • A “eXpressivas” (linha 01).
  • B “iSolados” (linha 12).
  • C “espéCie” (linha 13).
  • D “linguaGem” (linha 17).
  • ESinais” (linha 21).

Sobre os classificadores nas línguas de sinais, marque a alternativa correta.

  • A De acordo com Brito (2010), os classificadores são fonemas que existem em línguas orais e línguas de sinais. Entre as primeiras, as línguas orientais são as que mais apresentam.
  • B Para Allan (1977), um classificador é concatenado com um quantificador, demonstrativo ou predicado para formar um elo que não pode ser interrompido por um nome que ele classifica.
  • C Conforme Brito (2010), a relação entre o significado do verbo e o classificador, em língua de sinais, tende a ser transparente. Essa transparência não se perde com a extensão dos itens lexicais.
  • D Conforme McDonald (1982) e Kegl e Schley (s/d), os classificadores em ASL são fonemas que se ligam aos verbos de movimento e de localização indicando o objeto que se move ou é localizado.
  • E De acordo com Brito (2010), na Libras, assim como na ASL, os classificadores funcionam como partes do sintagma nominal em uma sentença, estes sendo chamados como substantivos de movimento ou de localização.