Questões de Concursos para Professor - Geografia

Limpar Busca

Observe o perfil de relevo a seguir.




A superfície terrestre é composta por diferentes tipos de relevo: montanhas, planícies, planaltos e depressões. O relevo corresponde às variações que se apresentam sobre a camada superficial da Terra. A análise da imagem permite afirmar que a forma de relevo representada pelo número I é:

  • A Montanha, tipo de relevo caracterizado pelas acentuadas elevações, sendo a parte da superfície que apresenta as maiores altitudes e as mais intensas declividades.
  • B Planalto, área com relativa altitude e uma superfície mais ou menos plana, com limites bem nítidos, estes geralmente constituídos por escarpas ou serras.
  • C Falésia, formação litorânea que é produto direto de processos erosivos naturais, relacionados a oscilações do nível relativo do mar e mudanças nas condições climáticas que ocorrem há cerca de milhões de anos.
  • D Planície, unidade de relevo caracterizada por possuir paisagens geralmente planas, pouco acidentadas e localizadas em regiões com baixas altitudes, estando geralmente próximas ao nível do mar.

"Na época das Grandes Navegações, marinheiros se aventuravam na imensidão dos oceanos para ampliar rotas de comércio e explorar novas terras. Hoje, 500 anos depois, somos navegadores espaciais e rumamos em direção às estrelas." (www.tecmundo.com.br)
Os avanços científicos têm possibilitado à humanidade promover façanhas inimagináveis e, dividindo opiniões, bilionários investem no chamado "Turismo Espacial", que consiste em:

  • A Construção de hotéis que simulam cápsulas espaciais.
  • B Visitas técnicas a observatórios espaciais, oferecidas aos estudantes.
  • C Visitas às agências espaciais.
  • D Viagens ao espaço tendo como única finalidade o lazer.

A Geografia, na proposta dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), tem um tratamento específico como área, uma vez que oferece instrumentos essenciais para compreensão e intervenção na realidade social.

Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro051.pdf (Fragmento).


Por meio da proposta do PCN, verifica-se que a Geografia:

  • A Visa à ampliação das capacidades dos alunos de observar, conhecer, explicar, comparar e representar as características do lugar em que vivem e de diferentes paisagens e espaços geográficos, priorizando os conteúdos da geografia física e natural.
  • B Possibilita a compreensão de como diferentes sociedades interagem com a natureza na construção de seu espaço, as singularidades do lugar em que vivemos, o que o diferencia e o aproxima de outros lugares.
  • C Preocupa-se com a formação cidadã do estudante, por isso, os princípios e os procedimentos do ensino da geografia são apresentados como recursos a serem utilizados uniformemente pelo professor no planejamento de suas aulas.
  • D Leva ao conhecimento das múltiplas relações de um lugar com outros lugares, distantes no tempo e no espaço, bem como perceber as marcas do passado no presente, consagrando-se como a principal disciplina das ciências humanas.

"SC teve 2,4 mil registros de meteoros em julho."

(www.nsctotal.com.br)


A estação Monte Castelo, localizada ao norte do estado, registrou o fenômeno. Mas, o que são meteoros?

  • A São aparelhos lançados por satélites para melhorar suas transmissões.
  • B São fragmentos de satélites que caem na terra.
  • C São aparelhos lançados do espaço para efetuar medição do nível de poluição.
  • D São pequenos corpos celestes que orbitam no espaço e invadem a atmosfera.
Excerto I
Emília Beatriz María Ferreiro Schavi foi doutoranda de Jean Piaget. Promoveu a continuidade do trabalho de Piaget sobre epistemologia genética - uma teoria do conhecimento centrada no desenvolvimento natural da criança - estudando um campo que ele não havia explorado: a escrita.
http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php? conteudo=334(Fragmento).
Excerto II
Nenhum nome teve mais influência sobre a educação brasileira nos últimos 30 anos do que o da psicolinguista argentina Emília Ferreiro. A divulgação de seus livros no Brasil, a partir de meados dos anos 1980, causou um grande impacto sobre a concepção que se tinha do processo de alfabetização, influenciando as próprias normas do governo para a área, expressas nos Parâmetros Curriculares Nacionais. https://novaescola.org.br/conteudo/338/emilia-ferreiro-estudiosa- que-revolucionou-alfabetizacao (Fragmento).
Emília afirma que a construção do conhecimento da leitura e da escrita tem uma lógica individual, embora aberta à interação social, na escola ou fora dela. Neste processo, a criança passa por etapas, com avanços e recuos, até se apossar do código linguístico e dominá-lo. De acordo com a teoria exposta em Psicogênese da Língua Escrita, toda criança passa por quatro fases até que esteja alfabetizada, sendo elas:
  • A Silábica, simbólica, convencional e alfabética.
  • B Pré-silábica, convencional, alfabética e simbólica.
  • C Pré-silábica, silábica, simbólica e convencional.
  • D Pré-silábica, silábica, silábico-alfabética e alfabética.