Questões de Concursos para Engenheiro/ Engenharia de Produção

Limpar Busca

Considere os trechos:

Nessas situações, é melhor dar as costas ao mundo e seguir adiante. Se[1º] não se pode combater o problema frontalmente, e se a arte do indireto não serve para a elucidação daqueles envolvidos no erro, então, pôr-se a caminho não é covardia ou medo [...].


Isso significa: podemos denunciar os crimes, mas, se não pudermos voar, se não tivermos o poder e a autoridade para corrigi-los, acabaremos só criando mais problemas. Portanto[2º], nessas horas, por mais certos que estivermos, precisamos nos conter e praticar a paciência com dignidade.


A autoridade moral para enfrentar as indignidades é difícil de se obter, e a paciência é confundida com covardia. Mas[3º] o buscador da sabedoria deve ter um compromisso, antes de tudo, com o que é apropriado e consigo mesmo, não temendo a reprovação alheia.


A covardia só existe quando alguém pode, de fato, resolver uma questão, mas se ausenta, seja por medo ou por compromisso. Quando[4º] alguém desconhece a própria força, deve cuidar-se para não confundir humildade com indulgência perante os erros.

São elementos linguísticos destacados que articulam relação semântica entre períodos

  • A o segundo e o terceiro
  • B o segundo e o quarto.
  • C o primeiro e o terceiro
  • D o primeiro e o quarto.

A satisfação do participante de um congresso técnico ou científico depende não só do conteúdo discutido no evento, mas também da qualidade dos serviços oferecidos. Considere o planejamento de um evento que oferecerá almoço para 500 pessoas. Visto que o intervalo previsto para o almoço é de 2 horas e considerando que todos deveriam ter, pelo menos, 30 minutos para comer, os organizadores decidem trabalhar com um tempo de atravessamento de 1,5 hora e tempo de ciclo ideal de 5 minutos para uma pessoa se servir.


As mesas serão montadas prevendo-se a utilização de apenas 2 lados de cada uma delas. Nesse caso, aplicando a lei de Little, será necessário montar

  • A 21 mesas.
  • B 14 mesas.
  • C 28 mesas.
  • D 11 mesas.

A engenharia organizacional possibilita aos gestores executar tarefas de modernização organizacional quando estes necessitam reprogramar as estruturas funcionais das organizações que comandam. No contexto da engenharia organizacional,

  • A gestão da informação é um conjunto de estratégias para criar, adquirir, compartilhar e utilizar ativos de competência e capacidade, a fim de auxiliar na geração de ideias, solução de problemas e tomada de decisão.
  • B gestão estratégica é o conjunto de práticas e objetivos definidos pelos principais gestores de uma empresa, levando em consideração os ambientes interno e externo da organização, para determinar seus principais objetivos em determinado período de tempo.
  • C gestão de projetos trata-se de uma maneira diferente de ver partes internas e externas do mercado, a partir de uma perspectiva do todo, e não apenas das partes integrantes, procurando coordenar ações futuras que solucionem problemas da empresa.
  • D gestão do conhecimento compreende um conjunto de estratégias que visa identificar as necessidades de explicações, mapeando seus fluxos formais nos diferentes ambientes da instituição, coleta, filtragem, análise, organização, armazenagem e disseminação, objetivando apoiar o desenvolvimento das atividades cotidianas e a tomada de de cisão no ambiente corporativo.

Considere o trecho:

[...] o exercício da paciência e da dignidade são práticas constantes, e seu domínio procede de uma intensa, profunda e dedicada atenção. Elas procedem do desejo de não buscar o conflito desnecessário, de atentar ao conjunto das possibilidades de resolução e de ponderar corretamente, sem fazer concessões levianas ou abandonar o que é correto.

No contexto em que surgem, as expressões em destaque apresentam equivalência de sentido com

  • A “refletir” e “aceitações imprudentes”, respectivamente.
  • B “matutar” e “imaginações deploráveis”, respectivamente.
  • C “calcular” e “intervenções condescendentes”, respectivamente.
  • D “escolher” e “consentimentos imorais”, respectivamente.

A estratégia de resposta à demanda é fundamental para o funcionamento de um sistema produtivo, pois determina, dentre outros aspectos, a posição dos estoques, o tempo total de atravessamento do início ao fim (P) e o tempo total de espera do cliente (D).


Comparando-se as estratégias Make To Stock (MTS), Quick Response To Stock (QRTS), Packing To Order (PTO), Assembly To Order (ATO), Make To Order (MTO), em termos de suas características específicas, conclui-se que

  • A a estratégia MTO apresenta menor tempo total de espera (D) do que a estratégia ATO.
  • B a estratégia MTO apresenta menor tempo de atravessamento (P) do que a estratégia ATO.
  • C a estratégia QRTS apresenta uma razão P:D menor que a MTS.
  • D a estratégia QRTS apresenta uma razão P:D igual a MTS.