Questões de Concursos para Comunicador Social

Limpar Busca

A respeito dos cargos em comissão e das funções de confiança, nos termos da Resolução n° 1.073/2001, assinale a alternativa correta.

  • A Os cargos de provimento em comissão são providos mediante ato do presidente, não podendo recair em servidor público inativo.
  • B Os cargos da Assembleia Legislativa do Estado do Goiás são de provimento em comissão constituído apenas de direção, chefia e assessoramento superior e função especial de confiança.
  • C O servidor de outro Poder ou esfera de governo somente poderá ser nomeado, para cargo em comissão ou função especial de confiança, após ter sido colocado à disposição da Assembleia Legislativa.
  • D O servidor efetivo, ocupante de cargo em comissão ou função especial de confiança, quando em gozo de licença, não fará jus à respectiva gratificação.
  • E O servidor ocupante, exclusivamente, de cargo em comissão e de função especial de confiança, é segurado obrigatório do Regime Próprio de Previdência Social da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, na qualidade de empregado.

A respeito do papel social da comunicação em diversos contextos, assinale a alternativa correta.

  • A Entende-se o papel da comunicação como algo relativo, pois cada profissão, dentro da comunicação, possui uma ética distinta. Enquanto o jornalista deve se preocupar com a opinião pública, o assessor de imprensa é exclusivamente empenhado em proteger a imagem da instituição.
  • B A comunicação tem grande papel na questão da representação social, seja por meio da telenovela, dos jornais ou da publicidade.
  • C O gestor do departamento de comunicação é quem irá denotar ao comunicador qual será o respectivo papel na sociedade.
  • D A comunicação não tem qualquer influência sobre a opinião pública, apenas difunde os fatos já existentes.
  • E Comunicador é aquele que comunica focado exclusivamente nas questões sociais.

Acerca da imparcialidade e da objetividade na comunicação, assinale a alternativa correta.

  • A O advento da internet reforça o mito da imparcialidade e da objetividade.
  • B Em Princípios Editoriais das Organizações Globo, documento divulgado em 2011, ocorre a primeira ruptura oficial, no mundo jornalístico, com a Teoria do Espelho.
  • C A Teoria do Espelho, inspirada no positivismo do filósofo francês Auguste Comte (1798-1857), apontava que a notícia seria de qualidade se o jornalista conseguisse retratar fielmente o fato como se houvesse uma imagem a ser refletida da notícia e que pudesse ser captada pelo profissional e assim transcrita.
  • D Objetividade é um termo que encontra diferentes significados no Jornalismo, na Ciência, no Direito e na História.
  • E A objetividade jornalística não pode ser enquadrada em um conjunto de normas e regras para a observação da realidade.

A Resolução n° 1.073/2001 prevê regras referentes ao concurso público, bem como às formas de provimento e de vacância. Acerca desse assunto, é correto afirmar que o concurso

  • A apenas de provas e títulos para provimento de cargo efetivo será opcionalmente público e terá o prazo de validade de até dois anos, prorrogável uma vez por igual período, havendo motivos relevantes, a critério da Presidência. A prévia habilitação em concurso público é requisito para a nomeação, forma derivada de provimento efetivo.
  • B de provas ou de provas e títulos para provimento de cargo efetivo será sempre público e terá o prazo de validade de até dois anos, prorrogável uma vez por igual período, havendo motivos relevantes, a critério da Presidência. A prévia habilitação em concurso público é requisito para a nomeação, forma originária de provimento efetivo.
  • C apenas de provas para provimento de cargo efetivo será opcionalmente público e terá o prazo de validade de dois anos, prorrogável uma vez por igual período, havendo motivos relevantes, a critério da Presidência. A prévia habilitação em concurso público é requisito para a nomeação, forma originária de provimento efetivo.
  • D de provas ou de provas e títulos para provimento de cargo efetivo será sempre público e terá o prazo de validade de dois anos, prorrogável uma vez por igual período, havendo motivos relevantes, a critério da Mesa Diretora. A prévia habilitação em concurso público é requisito para a nomeação, forma derivada de provimento efetivo.
  • E de provas ou de provas e títulos para provimento de cargo efetivo será sempre público e terá o prazo de validade de até dois anos, prorrogável uma vez por igual período, havendo motivos relevantes, a critério da Mesa Diretora. A prévia habilitação em concurso público é requisito para a nomeação, forma originária de provimento efetivo.

Tendo em vista o código de ética do jornalista e a regulamentação da profissão, assinale a alternativa correta quanto aos deveres do jornalista.

  • A Fazer ressalvas às especificidades da assessoria de imprensa e ouvir sempre, antes da divulgação dos fatos, o maior número de pessoas e instituições envolvidas em uma cobertura jornalística, principalmente aquelas que são objeto de acusações não suficientemente demonstradas ou verificadas.
  • B Acumular funções jornalísticas, quando for preciso, em prol do trabalho.
  • C Aceitar ou oferecer trabalho remunerado de acordo com a necessidade do contratante.
  • D Realizar cobertura jornalística para o meio de comunicação em que trabalha, organizações públicas, privadas ou não governamentais, da qual seja assessor, empregado, prestador de serviço ou proprietário, e utilizar o referido veículo para defender os interesses dessas instituições ou de autoridades a elas relacionadas.
  • E Requerer prévio registro no órgão regional do Ministério do Trabalho, que se fará mediante a apresentação de diploma de curso de nível superior de Jornalismo ou de Comunicação Social, habilitação Jornalismo, fornecido por estabelecimento de ensino reconhecido na forma da lei, para as funções relacionadas nos itens I a VII do artigo 11.