Questões de Concursos para Auxiliar de Papiloscopista Policial

Limpar Busca

Ao discutir a atual situação econômica do Brasil, o texto chama a atenção para

  • A o atraso dos métodos de pesquisa adotados no Brasil, incapazes de produzir dados condizentes com a realidade dos efeitos da economia sobre a população.
  • B o modo como a recente recessão no Brasil prejudica sobretudo os mais vulneráveis economicamente, podendo ter aumentado ainda mais a desigualdade social.
  • C a eficiência das medidas adotadas com o fim de se preservarem os postos de trabalho, resultando em aceleração dos avanços sociais e aumento da renda.
  • D a retomada, desde o ano passado, do crescimento da economia, que vem refletindo inclusive no melhoramento da qualidade das vagas de trabalho ofertadas.
  • E a maneira como os problemas econômicos recentemente enfrentados no Brasil têm castigado de modo uniforme diferentes segmentos da população.

Nos termos do Código Penal, é correto afirmar que

  • A o homicídio qualificado constitui crime apenado com detenção.
  • B não é crime o uso de documento falso.
  • C o crime de peculato admite modalidade culposa.
  • D ofender a integridade corporal ou a saúde própria ou de outrem é considerado crime de lesão corporal.
  • E subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel constitui crime de roubo.
Considere a seguinte planilha editada no MS-Excel 2016 (em português e em sua configuração padrão).



Nessa planilha, foram inseridas três fórmulas, nas células A6, B6 e C6, conforme apresentado a seguir:

A6: =CONT.NÚM(A1:C3)
B6: =MÍNIMO(C1:C3)
C6: =A6-B6

O resultado produzido em C6 foi:
  • A 1
  • B 3
  • C 2
  • D 6
  • E 0

A sigla AFIS, abreviatura do inglês, na sua tradução literal significa

  • A Software de Análise de Identificação Digital.
  • B Sistema Automatizado de Identificação de Impressões Digitais.
  • C Serviço de Análise de Impressões Digitais.
  • D Sistema de Análise de Identificações Digitais.
  • E Serviço de Inteligência para Identificação Digital.

A audiência de conciliação designada pela ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber durou cerca de três horas e reuniu representantes do governo federal, do governo de Roraima, da Defensoria Pública da União e de organizações de defesa dos direitos humanos. A governadora de Roraima, Suely Campos, apresentou uma proposta que prevê ressarcimento, por parte do governo federal, de R$ 184 milhões de reais aos cofres do estado. O valor, segundo ela, é referente a recursos gastos desde 2016 nas áreas de saúde, educação e segurança por causa da migração de venezuelanos.
(EBC, 18 mai.18. Disponível em: <https://goo.gl/E9CciM>. Adaptado)
Antes da proposta de ressarcimento, a demanda originalmente apresentada pelo governo de Roraima estava relacionada

  • A à distribuição dos imigrantes venezuelanos por outros estados.
  • B ao fechamento da fronteira do Brasil com a Venezuela.
  • C à expulsão do Brasil dos imigrantes venezuelanos ilegais.
  • D à ruptura das relações diplomáticas entre os países.
  • E à triagem socioeconômica no acesso de venezuelanos ao Brasil.