Questões de Concursos para Auditor - Ciências Contábeis

Limpar Busca

Em relação ao direito creditório, julgue os itens abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

I. Os direitos creditórios poderão ser oferecidos como redutores da necessidade de cobertura das provisões técnicas por ativos garantidores.

II. A base de cálculo utilizada para a apuração do direito creditório deve corresponder à mesma base de cálculo da Provisão de Prêmios Não Ganhos (PPNG).

III. Deverão ser consideradas na apuração do direito creditório, as parcelas a vencer cujo risco já tenha decorrido e as parcelas vencidas e não pagas.

IV. O direito creditório corresponde ao montante de prêmios a receber, referente às parcelas não vencidas, na proporção dos prazos dos riscos a decorrer, considerando cada parcela, na data-base de cálculo.

Estão CERTOS apenas os itens:

  • A I e II.
  • B I, II e IV.
  • C I e III.
  • D II e III.

Em relação a liquidez e solvência das Seguradoras, assinale a opção CORRETA.

  • A O Plano de Regularização de Liquidez deverá ser enviado à Susep pela seguradora, visando à recomposição da situação de solvência, quando a supervisionada apresentar insuficiência de liquidez em relação ao Capital de Risco.
  • B A liquidez em relação ao capital de risco ocorre quando o montante de ativos líquidos, em excesso à necessidade de cobertura das provisões técnicas, for superior a 10% do capital de risco.
  • C O Plano de Regularização de Solvência deverá ser enviado à Susep, visando à recomposição da situação de solvência, quando a insuficiência do Patrimônio Líquido Ajustado em relação ao Capital Mínimo Requerido for de até 20%.
  • D Os ativos líquidos são os ativos de renda fixa e variável aceitos pelo Conselho Monetário Nacional em 100% na cobertura das provisões técnicas das Seguradoras.

Em relação à estrutura de gestão de riscos da Seguradora, assinale a opção CORRETA.

  • A A estrutura de gestão de riscos deverá adotar tratamentos e controles compatíveis com cada nível de risco e prioridades estabelecidas pela Seguradora para, no mínimo, os riscos de subscrição e de mercado.
  • B As Seguradoras que operem exclusivamente no ramo DPVAT, não responsáveis pela administração de consórcios, são obrigadas a implantar Estruturas de Gestão de Riscos compatível com a natureza, escala e complexidade de suas operações.
  • C A Diretoria deverá monitorar periodicamente as exposições da Seguradora a riscos e avaliar, pelo menos uma vez ao ano e sempre que houver mudança significativa no Perfil de Risco, a eficácia da Estrutura de Gestão de Riscos, reportando ao Conselho de Administração, os resultados dessas análises e as respectivas propostas de ação.
  • D A função de gestor de riscos deverá ser desempenhada por profissional da Seguradora sendo vedada pela Susep, a contratação de empresa terceirizada para esta função.

Em relação à provisão matemática e o seu conceito, assinale a opção CORRETA.

  • A A Provisão de Sinistros a Liquidar deverá ser constituída para a cobertura dos valores esperados a liquidar relativos a sinistros ocorridos e não avisados até a data-base de cálculo, incluindo as operações de cosseguro aceito, brutos das operações de resseguro e líquidos das operações de cosseguro cedido.
  • B A Provisão Matemática de Benefícios Concedidos deverá ser constituída, enquanto não ocorrido o evento gerador do benefício, para a cobertura dos compromissos assumidos com os participantes ou segurados, sendo calculada conforme metodologia aprovada na nota técnica atuarial do plano ou produto.
  • C A Provisão de Excedentes Financeiros deverá ser constituída para a cobertura dos valores esperados relativos a despesas relacionadas a sinistros.
  • D A Provisão de Sinistros a Liquidar deverá ser constituída para a cobertura dos valores esperados a liquidar relativos a pagamentos únicos e rendas vencidas, de sinistros avisados até a data-base de cálculo.

Em relação aos ativos garantidores, julgue os itens abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.



I. Os ativos deverão ser registrados na Susep.



II. Os terrenos e imóveis em construção oferecidos como ativos garantidores de provisões técnicas não poderão ser alienados ou prometidos à alienação, sem prévia e expressa autorização da Susep.



III. É responsabilidade da Seguradora assegurar que os ativos garantidores de provisões técnicas estejam registrados ou depositados em contas vinculadas à Susep, mantidas junto à Bolsa de Valores, à Cetip e ao Selic, conforme cada um dos mercados.



IV. Somente serão aceitos imóveis urbanos e rurais de titularidade exclusiva de uma única Seguradora.



Estão CERTOS apenas os itens:

  • A I e III.
  • B I e II.
  • C I, III e IV.
  • D I, II e III.