Questões de Concursos para Analista de Planejamento e Gestão

Limpar Busca
Assinale a alternativa que apresenta a reescrita adequada, sintática e semanticamente, para o seguinte excerto: “O paradoxo do grande vício do século XXI é que estamos presos ao celular, mas temos fobia das ligações telefônicas.”.
  • A O paradoxo do grande vício do século consecutivo é estarmos presos ao celular, mas termos fobia das ligações telefônicas.
  • B A incoerência do grande vício do século consecutivo é estarmos presos ao celular, mas ficarmos doentes sem as ligações telefônicas.
  • C No século XXI, é contraditório estar preso ao celular por ter medo das ligações telefônicas.
  • D Temos medo das ligações telefônicas porque estamos presos ao celular; esse é o paradoxo do grande vício do século XXI.
  • E Estarmos presos ao celular, mas termos fobia das ligações telefônicas é a incoerência do grande vício do século vigente.
Em quais pontos se concentram as mudanças na elaboração do Plano Plurianual – PPA 2016-2019 – do IBGE?
  • A Nos esforços na caracterização do plano como um instrumento mais estratégico em que eixos e diretrizes norteiam a implantação das políticas.
  • B No reforço do caráter estratégico do plano, estruturando-o em uma dimensão estratégica e na qualificação do conteúdo dos programas temáticos.
  • C Na inovação de uma linha condutora que promove uma aproximação com a agenda do governo, explicitando os seus compromissos.
  • D Na implantação de um novo modelo que trouxe uma melhor distinção entre plano e orçamento, com as ações sendo monitoradas e avaliadas por planos orçamentários.
  • E No caráter de proporcionar que tanto a elaboração do orçamento quanto o acompanhamento físico e financeiro da execução ocorram em um nível mais detalhado.
Na formulação de modelos de governança para a administração pública, é recomendável que se observem princípios e diretrizes de reconhecida aplicação internacional. Assinale a alternativa que apresenta uma das funções pretendidas com a aplicação coordenada e contextualizada desses princípios para uma boa governança.
  • A Ter preceitos mais práticos para que a atuação do agente público se mantenha centrada no cidadão e no cumprimento cada vez mais fiel da missão política.
  • B Servir como um dos arcabouços determinantes das ações esperadas dos contribuintes em seu relacionamento como ator principal e mandatário do agente público.
  • C Representar o cidadão contribuinte junto à administração pública no exercício de seus direitos e deveres prezando pela cidadania e solidariedade.
  • D Posicionar os ocupantes de cargos eletivos nas atividades de preservação dos mandatos conquistados junto ao seu eleitorado de forma efetiva.
  • E Estabelecer as relações administrativas nas variadas esferas e instâncias do exercício da função pública, visando ao atendimento dos grupos dominantes.
Em um bairro de uma cidade existem 10 casas, numeradas de 1 a 10. Duas pessoas visitaram algumas dessas casas, para divulgação de um novo produto no mercado. Sabe-se que a primeira pessoa visitou as casas de número ímpar e a segunda visitou as casas cuja numeração era um número par e divisor de 8. Dessa forma, as casas que NÃO foram visitadas foram as que possuem as respectivas numerações iguais a
  • A 2 e 10.
  • B 4 e 10.
  • C 6 e 10.
  • D 2 e 8.
  • E 4 e 8.
Assinale a alternativa em que a expressão em destaque NÃO indica circunstância de tempo, NÃO sendo, portanto, um adjunto adverbial de tempo ou uma oração subordinada adverbial temporal.
  • A “O paradoxo do grande vício do século XXI é que estamos presos ao celular [...]”.
  • B “[...] quando recebemos uma ligação, ela interrompe algo [...]”.
  • C “[...] simplesmente não temos vontade de falar nesse momento [...]”.
  • D “[...] saber de antemão qual será a duração do telefonema [...]”.
  • E “[...] opções com as quais podemos nos comunicar hoje.”.