Questões de História da Educação Brasileira (Pedagogia) Página 2

Limpar Busca

As propostas de uma Educação mais democrática foram abandonadas com o início do regime militar, em 1964. Paulo Freire (1921-1997) foi exilado no Chile e a Escola Nova deixou de ser considerada para as políticas públicas. O novo governo manteve a preocupação com a industrialização crescente e o foco em formar um povo capaz de executar tarefas, mas não necessariamente de pensar sobre elas.

Também foram assinados acordos entre os governos brasileiro e norte-americano que vinham sendo discutidos há alguns anos e previam a vinda de técnicos para treinar professores.

Dermeval Saviani afirma que a meta do governo era a elaboração de um plano de Educação com a escola primária voltada para uma atividade prática e, o 2º grau:

  • A propedêutico que ensinasse os conceitos básicos para as disciplinas específicas.
  • B compartimentado em cursos chamados de Científico, Normal e Clássico.
  • C em horário integral que contava com aulas preparatórias para o vestibular.
  • D generalista, com ênfase no 3º ano, que requeria a escolha de uma carreira.
  • E técnico que preparasse o estudante para o mercado de trabalho.

Sabe-se que a educação é um processo constante na História de todas as sociedades. Compreende-se, porém, que ela não é a mesma em todos os tempos e todos os lugares, devendo estar vinculada ao projeto de homem e de sociedade que se quer ver emergir através do processo educativo.

I. A escola brasileira, ainda com forte ênfase na formação cognitiva do aluno, está dando contribuição decisiva no tocante ao projeto de homem que a sociedade do século XXI está a exigir.
II. O uso das tecnologias digitais, embora demande reformulação das relações de ensino e aprendizagem, não requer repensar o que a escola faz hoje, muito menos o como é feito. Exige, simplesmente, o uso das tecnologias que chegaram à escola por aqueles que dessas tecnologias se apropriaram.
III. A escola contemporânea torna-se, verdadeiramente de qualidade nos tempos atuais, quando vivencia sua função social e política, formando os alunos das classes trabalhadoras para a participação plena na vida social, política, cultural e profissional na sociedade.
IV. A escola precisa fazer frente a novos desafios. É inquestionável que ela precisa acompanhar as mudanças do mundo e tornar-se cada vez mais competente na formação de pessoas que questionem a realidade e busquem participar das transformações necessárias.


A partir dessa visão, é CORRETO afirmar que:

  • A todas as afirmativas são verdadeiras.
  • B apenas a afirmativa IV é verdadeira.
  • C as afirmativas II e IV são verdadeiras.
  • D as afirmativas I e II são falsas.
Com base no texto 'PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA', leia as afirmativas a seguir:
I. A teoria de Saviani coloca em evidência a importância da escola ao sugerir que ela tem o papel de garantir os conteúdos que permitam aos alunos compreender e participar da sociedade de forma crítica, superando a visão de senso comum. Ou seja, há uma preocupação com o desenvolvimento intelectual, cultural e de raciocínio do aluno. II. Teórico fundador da Pedagogia Histórico-Crítica, Demerval Saviani propôs, conforme anuncia o texto, uma metodologia ativa do conhecimento uma sistematização dos saberes historicamente construídos, bem como a inclusão em que o educando é assujeitado, isto é, recebe o conhecimento enquanto o professor se torna um mediador.
Marque a alternativa CORRETA:
  • A As duas afirmativas são verdadeiras.
  • B A afirmativa I é verdadeira, e a II é falsa.
  • C A afirmativa II é verdadeira, e a I é falsa.
  • D As duas afirmativas são falsas.
Com base no texto 'PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA', leia as afirmativas a seguir:
I. O acesso à norma culta da Língua Portuguesa, a fim de que o aluno tenha condições de ler os clássicos, é um dos diversos tipos de conteúdos necessários para o educando entrar em outro patamar, alcançar outros degraus, como sugere o teórico. II. O educador Saviani corrobora com a ideia de que existem muitas teorias relacionadas à educação e os docentes já não sabem mais qual devem seguir. Sendo assim, não se deve misturá-las.
Marque a alternativa CORRETA:
  • A As duas afirmativas são verdadeiras.
  • B A afirmativa I é verdadeira, e a II é falsa.
  • C A afirmativa II é verdadeira, e a I é falsa.
  • D As duas afirmativas são falsas.
Com base no texto 'PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA', leia as afirmativas a seguir:
I. A teoria de Saviani, de acordo com o texto, considera o estudante como um ser passivo, que recebe os conhecimentos advindos do mestre, sem um posicionamento crítico ante os saberes. II. Infere-se do texto que a leitura de clássicos é condição para que o estudante tenha concluído, com êxito, o seu processo de escolarização.
Marque a alternativa CORRETA:
  • A As duas afirmativas são verdadeiras.
  • B A afirmativa I é verdadeira, e a II é falsa.
  • C A afirmativa II é verdadeira, e a I é falsa.
  • D As duas afirmativas são falsas.