Questões de Fisioterapia neurológica (Fisioterapia) Página 23

Limpar Busca

Os gânglios da base desempenham papel importante em diversos aspectos complexos do movimento e do controle postural. Em caso de distúrbios desses núcleos, o paciente apresenta movimentos involuntários, rápidos, irregulares e espasmódicos. Este sinal clínico é denominado:

  • A tremor.
  • B hemibalismo.
  • C coréia.
  • D bradicinesia.
  • E atetose.

Considere hipoteticamente um paciente internado na unidade de emergência de um hospital com traumatismo cranioencefálico (TCE). Na escala de Glasgow, ele apresenta as seguintes características: abertura ocular à dor, resposta verbal com palavras inapropriadas e resposta motora com localização da dor.

Com base nesse caso clínico, é correto afirmar que os valores de escore atribuídos na escala correspondem, respectivamente, a

  • A 2, 3 e 5.
  • B 2, 3 e 4.
  • C 2, 2 e 5.
  • D 2, 2 e 4.
  • E 2, 3 e 3.
A paralisia cerebral consiste em um grupo de desordens do movimento e da postura que causam limitação nas atividades e na aquisição de habilidades, resultantes de distúrbios no desenvolvimento encefálico fetal ou na infância. Sobre a distribuição do comprometimento motor é CORRETO afirmar o seguinte:
  • A na tetraparesia, há o comprometimento de um dos membros superiores e de um dos membros inferiores.
  • B na hemiparesia, há o comprometimento global, em que tanto os membros superiores como inferiores estão alterados com a mesma gravidade.
  • C na hemiparesia, há o comprometimento de um lado do corpo, direito ou esquerdo, dependendo do hemisfério cerebral que foi lesado.
  • D na diparesia, há o comprometimento global, em que tanto os membros superiores como inferiores estão alterados com a mesma gravidade.
  • E na diparesia e na tetraparesia, há o comprometimento de um lado do corpo, direito ou esquerdo, dependendo do hemisfério cerebral que foi lesado.
Considerando o impacto da Paralisia Cerebral (PC) na função do membro superior e a abordagem fisioterapêutica por tarefas direcionadas, é CORRETO afirmar que
  • A o alcance e a preensão de objetos são movimentos afetados pelos déficits dos membros superiores, não interferindo no engatinhar, o que pressupõe o emprego de tarefas direcionadas que estimulem os componentes de flexão e extensão de punho.
  • B o alcance e a manipulação de objetos são movimentos afetados pelos déficits dos membros superiores, interferindo no engatinhar, o que pressupõe o emprego de tarefas direcionadas que estimulem componentes específicos do movimento de braços e mãos necessários à atividade.
  • C o alcance e a preensão de objetos são movimentos afetados pelos déficits dos membros superiores, interferindo na manutenção do equilíbrio, o que pressupõe o emprego de tarefas direcionadas que têm como objetivo final a realização de atividade funcional.
  • D o alcance e a manipulação de objetos são movimentos afetados pelos déficits dos membros superiores, não interferindo na marcha, o que pressupõe o emprego de tarefas direcionadas que estimulem os componentes específicos do movimento da mão e dos dedos.
  • E a manipulação e a preensão de objetos são movimentos afetados pelos déficits dos membros superiores, interferindo na manutenção da postura em quatro apoios, o que pressupõe o emprego de tarefas direcionadas que têm como objetivo final a realização de atividade funcional.
Em relação à classificação da encefalopatia crônica não progressiva da infância, de acordo com o comprometimento do tônus muscular, considere os itens abaixo:
I Tipo quadriplégica II Tipo discinética III Tipo espástica IV Tipo atáxica V Tipo diplégica
Estão CORRETOS os itens
  • A I, II e III.
  • B I, III e IV.
  • C II, III e IV.
  • D II, III e V.
  • E II, IV e V.